terça-feira, 25 de setembro de 2007

[Prison Break] 3x02 - Fire/Water

Como já disse no comentário do Ep.01, repito aqui para ninguém se assustar: Por questões de tempo (falta de...) os comentários de Prison Break serão feitos pelo comentarista Antônio e por mim, tal e qual, atualmente, já acontece com outras séries, seja a nível de comentários dos episódios ou a nível de notícias e spoilers.

Com isso, esperamos que os fãs da série não estranhem ver duas opiniões por aqui, ou somente a minha, ou somente a dele... O que ocorrerá nem nós sabemos hehehe, só podemos dar certeza de uma coisa... Vocês verão opiniões hehehe.

Repetido o aviso, seguimos com a programação normal:

A terceira temporada de Prison Break segue com "Fire/Water", trazendo novamente a tona elementos que remetem as temporadas anteriores. Conspirações, reviravoltas e a criação de alianças de novas alianças. Além disso, temos a volta de um dos meus personagens preferidos, Sucre.

O ponto central desse episódio é James Whistler, o misterioso preso introduzido no episódio anterior. Whistler, um australiano, foi preso por ter matado o filho do prefeito da Cidade do Panamá, e graças a isso, tem sua cabeça a prêmio: o prefeito promete liberdade a qualquer um que matar Whistler. O trabalho de Michael parece ainda mais difícil do que antes. Além de planejar a fuga da prisão sem nenhum conhecimento prévio, o homem a quem deve ajudar a fugir está sendo procurado por todos os detentos.

Logo no início do episódio temos uma situação que irá repercutir em muito do que acontece em Sona: uma briga acaba esvaziando o tambor de água destinado aos presos, o que leva a uma revolta contra Lechero, que promete aos presos sedentos mais água. A falta d'água e a revolta são desculpas perfeitas para que novas alianças sejam formadas. Bellick é o primeiro a se aproveitar da situação, trocando informações sobre o paradeiro de Whistler com Lechero por água, comida e roupas. Michael, ao ver Bellick vestido e com comida, não demora a perceber que tem problemas.

Mahone é o primeiro a encontrar Whistler. Três homens de Lechero encontram os dois logo depois, seguido por Michael. Sem chances de conseguir um acordo com os homens de Lechero ou com Mahone para salvar o australiano, resta a Scofield fazer algo em que é especialista: criar um plano para conseguir o melhor da situação. E é exatamente o que ele consegue. Danificando o sistema hidráulico da prisão, os presos conseguem água e Scofield consegue uma aliança com Lechero, o que assegura proteção a Whistler.


Algo que me surpreende é como as coisas tem acontecido rápido na prisão. Seguindo nesse ritmo, veremos Michael livre logo na metade da temporada. É uma ótima idéia não mantê-lo em Sona por muito tempo. A volta ao clima da primeira temporada, com a corrida para a fuga, garantiu fôlego a série que vinha de uma segunda temporada irregular, mas não garantirá isso por muito tempo. Se esse arco se estender demais, comparações com a ótima primeira temporada serão inevitáveis e, obviamente, a série só vai perder com isso.

Do lado de fora da prisão, não aconteceu muito. Tivemos um encontro de Lincoln com Sucre, com direito a conselhos dispensáveis e diálogos ruins. Além disso, Lincoln não fez muito além do trabalho de detetive. Descobriu o que significava o papel que Michael o entregou e enganou Susan B. ficando com o livro original. Essa conspiração me lembra cada vez mais da Compania, que foi esquecida nesses dois episódios.

A solução para a busca de Sucre por Maricruz foi decepcionante. Bellick não a tinha capturado? Tudo bem, poderíamos esperar isso de Bellick, mas é uma solução decepcionante. Parece que os roteiristas não tinham uma solução planejada e tiveram que pensar em algo de uma última hora. Sucre desistindo de Maricruz, mesmo que temporariamente, foi algo que não convenceu. Depois de tudo o que ele fez para encontrá-la, não é factível que ele desistiria tão fácil, ainda mais depois de um péssimo conselho como o dado pelo Lincoln. Novamente ficou a impressão de que os roteiristas não tinham nada planejado, decidiram trazer o Sucre de volta ao arco principal de última hora, então tiveram que pensar rapidamente em uma maneira de sumir com a Maricruz da série.

"You're Fired!"

Allan

Nenhum comentário: