terça-feira, 1 de junho de 2010

[Chuck] 3x14 a 3x19

por Allan


Chuck voltou para a segunda metade da temporada com um tom bem diferente. Se foram os momentos dark e sérios, enquanto a comédia voltou. Chuck Versus the Honeymooners e Chuck Versus the Role Models foram episódios no modelo da primeira temporada, descontraídos e bem divertidos de assistir. Chuck e Sarah trabalhando como um casal é a novidade nesses dois episódios. Porém, o que mais se destaca é a inusitada parceria de Morgan e Casey, que deu muito certo. O que decepcionou foi a viagem de Ellie e Awesome à Africa, muito breve e sem propósito. Talvez isso seja resultado de uma mudança de planos com o aumento do número de episódios da temporada.


Chuck Versus the Tooth foi um episódio de preparação para a introdução das tramas a serem tratadas no final da temporada, ou seja, os sonhos de Chuck e a possibilidade do Intersect levá-lo a loucura foram os pontos relevantes do episódio. A trama do cientista africano foi fraca e os momentos no hospício foram fraquíssimos, diga-se de passagem. Cenas "bobas" divertidas e cool não faltam em Chuck, mas, infelizmente, as cenas do hospício não puderam ser incluídas nesse grupo.

Chuck Versus the Living Dead, prepara o terreno para o final da temporada. Os sonhos de Chuck se confirmam e Shaw está realmente vivo. O baixo orçamento da série fica aparente ao notar que em momento algum vemos o rosto de Shaw, uma tática para não pagar por um ator extra para uma pequena aparição. Algo questionável é como o pai de Chuck não percebe o dispositivo que Ellie pôs em seu casaco. Mesmo que ele desconfie da filha, é de se esperar que alguém que vive sob tamanha ameaça fosse cuidadoso o suficiente para detectar tais dispositivos, ao menos após chegar a sua casa e a tempo de poder se proteger.


O final da terceira temporada não teve nenhum momento a altura de Mr. Roboto no final da temporada anterior, mas foi um ótimo final mesmo assim. Trazer Shaw de volta a vida, torná-la um intersect e, ao mesmo tempo, ter um golpe da aliança para tomar controle da CIA e da NSA pode soar absurdo em outras séries, mas não em Chuck. Aqui, tudo isso soa fantástico.

A morte do pai de Chuck veio em uma hora inesperada, mas foi compreensível porque os roteiristas o mataram: enquanto Orion não estivesse morto, ele seria uma última esperança, alguém que surge em um momento crítico para salvar seu filho, algo que ninguém mais poderia fazer. Com ele fora da série, é hora de Chuck crescer e assumir controle de sua vida de espião.


Assistir Casey, Sarah, Chuck e Beckman perderem seus postos e serem presos criou uma tensão que deu ainda mais impacto para o resgate do trio por Morgan, Awesome e Ellie. Quem esperava ver esses três juntos, salvando o trio de espiões de Shaw? Definitivamente, nenhuma outra série consegue criar momentos absurdos/fantásticos como Chuck.

A captura dos líderes da Aliança foi um pouco fácil, deixando um pouco a desejar, mas Casey e Morgan trabalhando em conjunto ao lado de um Chuck calmo, em total controle da situação para por um fim aos planos de Shaw compensam esse pequeno problema. Algo que não tem desculpa, porém, é o embate entre Chuck e Shaw. Jeffster com Blaze of Glory foi um bom começo, mas não impediu a luta de decepcionar. Ela foi, sim, divertida de assistir, mas poderia ter sido melhor.

A explosão da Buy More levanta dúvidas sobre o que acontecerá com Jeff, Lester e Big Mike na próxima temporada. A presença do núcleo Buy More já esteve em dúvida mais de uma vez e, até agora, a loja e seus funcionários não deixaram de participar da série. Aposto na volta de todos, nem que seja em algum outro lugar que não a Buy More.

O final do episódio abre um novo capítulo na vida de Chuck, agora um civil. Sabemos que ele continuará, como um espião independente, o que quer que seja que seu pai fazia. Provavelmente Casey e Sarah o acompanharão. Me pergunto qual será o destino de Morgan. A segunda metade da temporada mostrou que o personagem funciona muito melhor como aspirante a espião, principalmente como parceiro de Casey. Espero que Morgan faça parte da equipe de Chuck e tenha a chance de trabalhar ao lado de Casey, ao menos por alguns episódios.


Por fim, é bom terminar o comentário sabendo que a série foi renovada para mais uma temporada, dessa vez sem a necessidade de uma campanha. Se havia alguma dúvida de que Chuck merecia ao menos mais uma temporada, a segunda metade dessa terceira temporada tratou de acabar com ela.

Fotos: Reprodução.


Allan
twitter.com/allanschnorr

Nenhum comentário: