quinta-feira, 14 de setembro de 2006

[Nip/Tuck] 4x02 - Blu Mondae

Sim... sem "E" no Blue e com um "E" no lugar do "Y" de Monday.

Sempre que reclamam comigo o fato de N/T ter uma temporada reduzida (cerca de 15 episódios), eu respondo "é porque é intenso demais!". Bem.... essa semana eles abusaram na intensidade. Vou tentar organizar os assuntos mais simples primeiro e partir para os novos e complexos mistérios.

É.... as coisas estão cada vez mais difíceis na McNamara/Troy:



Annie
Sim... Annie, a filha de 11 anos de Sean e Julia que nunca tinha merecido qualquer menção honrosa na série (a não ser a menstruação precoce), foi quem nos surpeendeu logo de cara. Ela simplesmente amarrou seus dedos com fita crepe e mutilou as mãos de suas bonecas para tentar entender como seria a vida do bebê que Julia carrega em seu ventre.

Porém, o que eu, um mero bocó telespectador, entendeu como compaixão pelo irmãozinho deficiente que virá a nascer, Julia e Sean, os pais mais complicados da TV mundial, entendem como uma zoação com a deficiência do bebê e, além de brigar com ela, obrigam-na a jogar fora todas as bonecas mutiladas: Resultado. Ela só fala com Matt e... na única vez que dirigiu a palavra à Julia no fim do episódio foi para dizer "O BEBÊ VAI NASCER DOENTE POR SUA CAUSA!!!"




Matt e Kimber
Uma história mal contada no último episódio da terceira temporada referia-se à ex-namorada de Matt. Para resumir:
Matt passava por uma situação complicada por seu envolvimento com Ava, uma transexual, no fim da segunda temporada e, para descontar sua raiva, começou a atacar todos os travestis que encontrava pela frente. Para ajudar, ele conhece Ariel, literalmente uma neo-nazista, assim como seu pai. A história vai se desenrolando, até que por culpa (ou compaixão), Matt começa a enxergar que sua namorada pode ser meio maluca. Ao mesmo tempo, ele tenta se redimir com Cherry Peck, um travesti pre-transexual.
Quando o pai de Ariel vê os dois conversando, literalmente "sequestra" Matt e Cherry.... a situação vai ficando tensa até que a temporada termina com o pai de Ariel caído no chão após uma briga e Cherry atirando nele.

Bem... voltando à quarta temporada:
Como Matt passava horas na garagem fazendo exercícios, Sean e Julia o matriculam em uma academia, próxima a seu terapeuta e lá, ele encontra ninguém menos que Kimber, a ex-namoradada do Christian que o largou no altar (na verdade ela foi sequestrada, mas demoramos uns 7 episódios para saber disso.... já chego - ou volto - lá também)

Enfim... Kimber está linda, mais linda que de costume para dizer a verdade e, quando Matt a questiona sobre o que aconteceu, ela diz que "encontrou um caminho, uma luz" para sua vida.



Bom.... falar uma frase dessa pra alguém que passou por inúmeros problemas nos últimos 3 anos é a mesma coisa que dizer "Hey! Vamos comigo que eu curo todas as suas doenças"

E, é exatamente isso que acontece: Kimber faz um teste de energia com Matt, e ele confessa tudo o que aconteceu com ele no caso com Ariel, inclusive que Cherry atirou no abdômem do pai de Ariel e ele o deixou lá para morrer, preferindo levar Cherry para o hospital.

É público e notório que, quando você confessa algo que está dentro de si para alguém, sua vida muda. (Primeiro passo dos AA: "Admitir para você, para Deus e para outro ser humano"). Enfim, logo depois disso, Kimber diz a Matt que está aprendendo a viver uma vida bem melhor, sem fugir das situações, porém, pensando antes de enfrentar e não agindo através da pura e simples emoção.... tudo isso aconteceu depois que ela descobriu a Cientologia.

Como a maioria sabe, para entrar - e se manter - na Cientologia, é necessário pagar altas taxas e, Matt decide parar de tomar antidepressivos e parar de frequentar o terapeuta e usar esse dinheiro para entrar para a seita/religião. Matt comunica a Sean e Chris, que o atacam ferozmente, porém quando conta para Julia, ela aceita o fato e dá o dinheiro para ele.

Na verdade, ele mudou muito, está realmente mais centrado em suas atitudes. Assim como Kimber. Sendo uma fé de casca de ovo ou não, o fato é, que essas personagens estão se mostrando com uma qualidade de vida bem melhor e uma aceitação para si mesmos.

Uma coisa que eu achei interessante é a cena que Chris vai à casa de Kimber, tirar satisfação com ela sobre Matt. O apartamento dela é inteirinho branco com uma decoração totalmente clean. Exatamente o contrário da nova decoração de Christian (sofá preto e cortina roxa). A briga vai ser boa essa temporada.





Sean
Sean vai comprar um café e percebe que o atendente tem seu rosto totalmente deformado por uma doença congênita (Treacher-Collins). Na verdade é dificil não perceber:


Sean oferece a cirugria pro-bono para o rapaz, mas, somente na mesa de cirurgia, é que percebe que o ângulo do maxilar é muito fechado e seriam necessários uns 3 anos de aparelho ortodôntico externo para somente depois conseguir fazer a cirurgia. O paciente responde "EU NÃO AGUENTAREI A DOR! SE PELO MENOS MEUS PAIS TIVESSEM FEITO ALGO QUANDO EU ERA CRIANÇA...."

E Sean chega em casa com essa idéia fixa e conversa com Julia para fazer as cirurgias no bebê assim que ele nascer. "Enquanto ele ainda não conhece a dor". Julia aceita prontamente.


Christian
Deixei as cenas de sexo pro final... hehehe

Duas histórias envolveram (e se cruzam em) Chris hoje: A primeira, a da própria Blu Mondae, uma strip-dancer que veio tentar a vida na cidade grande. Sim, ela vai pra cama com Chris e Sim, ela quer uma cirurgia plástica em troca disso (redução de seios, para ser mais exato). Chris nega, até que............

(segunda história de Christian) Mitchel é levado à clínica por seu "tutor" para uma cirurgia de face, na verdade, ambos mantém uma relação gay e Mitchel admite que já foi casado com uma mulher, mas "se descobriu" ao lado desse cara. Mais tarde, Mitchel confessa: "ele me deu um Porsche, roupas, dinheiro e tudo o que eu posso imaginar. Não há mal em fazer uns boquetes de vez enquando, né?"

Christian, "comovido", leva Mitchel ao bar de strip e diz a Blu que se ela transar com Mitchel, ele fará a cirurgia de redução de seios nela.

Trato é trato e como Blu cumpre a parte dela, Chris também faz a cirurgia.

Alguns dias depois, Mitchel vai ao apartamento de Christian dizendo que foi expulso pois o tiozão descobriu que ele tinha transando com uma mulher. Christian resolve pagar algumas diárias de hotel para Mitchel e dá um dinheiro a ele (500 dólares!!!)


Mitchel se sente na obrigação de pagar o favor e, aproveitando que Chris estava só de toalha porque tinha saído do banho, fica totalmente nu e diz que "hetero, gay, bi, quem se interessa por esses rótulos......"

Christian dá-lhe uma bofetada que ele sai que sai torto lá do apê.


Na última cena, Chris volta ao strip-bar e Blu Mondae (que agora se chama "Ashley Wednesdae") fica dançando para ele. Ele faz uma cara que eu não entendi se ele não estava gostando ou se só estava preocupado com tudo o que tinha acontecido.
(Tá.... acho que não era para entender mesmo)




Michelle Landau
Como o sr Landau está se recuperando da cirurgia, é Michelle quem está cuidando dos negócios e por conseqüência, da McNamara/Troy.

Pois bem... ela chega bem na hora da ciruriga (pro-bono) de Blu Mondae e arma o maior barraco com Chris. Sean chega, e fica do lado de Michelle, até que Chris conta para Michelle que Sean também fez uma cirurgia pro-bono no "cara do café".

Michelle vira para os dois e diz: "Eu sou a proprietária da clínica e da marca. Ou vocês me obedecem ou eu posso contratar outros cirurgiões mais talentosos que vocês".

.......

Mas nem é isso o principal fato de Michelle. O episódio termina com ela no estacionamento do prédio, sendo abordada por uma mulher vestindo roupas da alta moda (Jacqueline Bisset, que pelo jeito vai ser fixa nessa temporada). Nada é muito explicado, Michelle dá dinheiro a esta mulher e temos a impressão que ela tem um segredo que não quer que seja revelado (eu aposto que ela é uma ex-prostituta ou algo assim). O fato é que essa mulher força um beijo em Michelle e Liz vê toda a cena.






fim.
caramba!

Um comentário:

Léo disse...

Parabens pelo post, Nilms. Bem, só posso dizer que é o seriado mais foda evah!.