quinta-feira, 4 de maio de 2006

[Lost] 2x20 "Two for the road"

Escritoras: Elizabeth Sarnoff e Christina M. Kim
Diretor: Paul Edwards


Pra quem ainda tem dúvidas quanto a isto, sim, a espera de 3 semanas valeu a pena. O episódio não foi dos mais movimentados, mas ninguém pode reclamar que ele não nos deu um bocado de coisas sobre as quais pensarmos. Isso sem falar do final. Mas, falemos dele depois.

Bad numbers!!


O episódio já começa bem com o flashback da Ana Lucia exibindo 6 viaturas com "bad numbers" pintados nos tetos (não dá pra ver o último da primeira fileira, nem o que está no carro dela, mas deduz-se que sejam os dois faltantes). Gostei de abrirem este flashback dela a partir do ponto onde o último terminou.

Ele nos revela uma interessante e intrigante ligação entre ela e o Dr. Sheppard. No início eu confesso que pensei em um caso entre eles, mas o rumo que a história toma não deixa de ser curioso.

Pra começar, quem é a garota que o impede de ver a filha? Uma amiga, uma namorada? E a tal filha, seria resultado de um caso do ex-médico? Seria por isso que a tal irmã do Jack nunca foi mencionada em seus flashbacks?

Aliás, fui só eu que fiquei esperando que eles revelassem o motivo da "morte" do Dr. Sheppard neste flashback? Eu só ficava esperando a hora que ele se meteria em uma encrenca e levasse uns tiros de alguém (por exemplo, a garota que o recebeu na casa da filha). Mas não deixa de nos dar uma possível dica do motivo.

Ainda veremos essa garota

Trombadas do destino

Na escotilha tivemos mais um bocado de revelações, tanto da parte de nosso tão querido personagem misterioso, quanto do "recém-retornado" Michael.

Do H.G., durante sua breve conversa com Locke, descobrimos que o careca é "um dos bons", seja lá o que isso significa, e que aparentemente estava indo buscá-lo quando foi capturado pela Danielle.

Do Michael tivemos a confirmação de que os Outros também possuem uma escotilha, devidamente vigiada por dois sujeitos armados. Se estas são as duas únicas armas que eles possuem, não dá pra saber. Eu particularmente não acho nem um pouco difícil que dentro da escotilha eles encontrem alguma surpresa nesse sentido.

Também soubemos que eles "moram" em barracas, o que é discutível, já que sabemos da "tendência" dos Outros em fazer teatrinhos. Portanto, também não é difícil que as tais barracas sejam um mero "cenário" pra enganar quem encontrasse seu abrigo.

Vejamos o que ainda falta antes de irmos pro "gran finale"... Ah sim! O sexo (literalmente) selvagem de Ana Lucia e Sawyer, que mais tarde se mostra uma estratégia a qual, por sua vez, fudeu (não literalmente) não uma, mas duas pessoas.

Confirmado: fudeu, morreu.

Quem mandou se distrair na hora do "rala-e-rola"?


Jack finalmente tomando um pouco mais de atitude e tirando as armas do Sawyer (que tentou tirar uma pro doutor e se deu mal).

Hurley recebendo dicas do Sayid, e errando o caminho, o que acabou sendo fatal para seu relacionamento. Fiquei com pena dele depois do final. E isso serve de aviso pra eles: nem sequer pensem em "tirar o atraso" na ilha! Eles nem tiveram a chance, pôxa...

Tá, talvez eu esteja esquecendo de mais algum detalhe interessante, mas como não vejo a hora de comentar o final, vou deixar qualquer coisa que eu tenha esquecido para que meus companheiros comentaristas comentem.

Michael "do mal"


Então, o tal traidor era de fato o Michael. E que bela cena a da revelação, hein? Uma das seqüências mais memoráveis, bem dirigidas e bem montadas de Lost! Michelle Rodriguez e Harold Perrineau podem ter seus altos e baixos, mas especificamente nessa cena achei ambos ótimos, especialmente o primeiro, que voltou bem melhor nesse episódio no quesito "atuação".


Observem como a trilha sonora aos poucos some antes de ele dar o primeiro tiro, e cede espaço apenas aos ruídos do ambiente, aumentando a tensão, e nos fazendo quase sentir o mesmo que o Michael estava sentido naquele momento. Não só ele mas também o rápido momento de surpresa da Ana Lucia, e o susto da Libby ficaram quase palpáveis.

E o melhor, a cena remete ao livro "Crime e Castigo" de Fiodor Dostoievski, o mesmo autor de "Os Irmãos Karamazov", que se vocês são do tipo que prestam atenção nos detalhes, é aquele que o Henry vinha lendo na escotilha! No livro, durante o "crime" do título, o protagonista tem a mesma reação que Michael apresenta quando a Libby chega ao local e vê sua amiga baleada, em um impulso de susto misturado com medo e culpa atira sem intenção, como uma forma de defesa.

Muito bom! Nota 10 pro episódio, que me prendeu do início ao fim, e que ainda me deixou com um sorriso de satisfação quando eu pesquei essa referência.

::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::


Ribas diz...

Snif snif

=x=x=x=x=x=x=x=x=x=x=x=x=x=x=x=
Nilmar diz:

Tá... legal... o advogado do diabo vai falar:

1 - Quando eu fiquei sabendo que o Michael matava a Ana Lucia e a Libby, já pensei que tinham feito uma lavagem cerebral e agora ele seria 'one of them', mas, contudo, porém, todavia, pela expressão dele quando vai matar a AL, percebe-se que ele estava sendo forçado a fazer isso, assim como deve ser parte do plano contar que eles vivem em tendas e que estão mal armados, instigando nossos losties a irem direto para a cova dos leões. Aliás, quando perguntam pra ele se ele viu o "Waaaaaaaalt" ele gagueja, esboça um sorriso, volta a ficar triste, engole grosso e diz "não". Tá. Sei. ok. Provavelmente falaram "quer ter seu filho de volta, então blá, blá, blá" e o trouxa acreditou

2 - A Michelle Rodriguez TINHA que dar uma de gostosona e falar que não prestaria serviços à comunidade e ficaria presa, né? Aliás, ela e a Cynthia Watroz TINHAM que sairem como doidas, bêbadas, chapadas pelas ruas do hawaii, né? Móóóóóóór-reu

3 - Tá... depois que o pai do Jack sai do carro, vai pro bar e encontra com o Sawyer naquela cena láááááááááá do fb dele ano passado, então das duas uma: ou mais algum personagem teve contato com ele depois desse horário, ou nunca saberemos o que aconteceu com o ditacujo (Tá.... eu sei que vai acontecer a primeira opção)

4 - Irmã do Jack. Mãe loirinha de cabelinho cacheadinho.... perae.... hmmmmm..... táááááá.... é pra todo mundo pensar que é a Claire. Sinceramente eu revi a cena em busca de alguma caixinha de correio ou alguma coisa escrita "Littleton" mas não vi nada. Só um jipe azul na garagem... tá, não... não tem nada a ver com Lost, mas eu gostei dele :)

5 - direita 18, esquerda 1, direita 31.Não sei porquê, mas vamos precisar disso no futuroah tá, já sei 18-1+31 = 48 :p

6 - Nos EUA, passou um comercial da Hanso Foundation nos intervalos (o que, diga-se de passagem, deixou um amigo meu maluco na noite de quarta-feira fazendo eu protagonizar uma cena digna de "Apertem os cintos: O piloto sumiu" no msn). Enfiiiim, o site da Hanso Foundation está totalmente reformulado e está fantástico, dá até vontade de "se alistar" pra organização.
Dá pra assistir o comercial no site
Mas aquele orangutango de 105 anos dá medo!!!

Entra em newsletter (sign in), digita seu nomezinho que uma tal de Persephone vai falar contigo e pedir uma senha. Digita "breaking strain" que vai abrir uma telinha parecida com o computador de nossos losties, depois... claro.... o orangutango de novo!!!!!!!

Persephone = uma das deusas gregas do submundo. Estava alegrinha colhendo flores quando Hades a capturou. Dá uns rolos lá embaixo que eu não lembro e ela fica uma parte do ano lá embaixo e outra aqui em cima. (Acho que é a mãe dela) que controla o clima, então quando ela tá lá no submundo fica inverno e quando ela volta é primavera, verão, bla bla bla...... Ah! Procura no google que faz tempo que eu li :p

=x=x=x=x=x=x=x=x=x=x=x=x=x=x=x=

15 comentários:

celia disse...

Olá a todos!
meio na correria, trancrevo aqui os comentários que fiz lá na LB/Orkut. Depois vou rever e volto para ler todos os demais comentários e acrescentar alguma coisa.



Dessa vez, havia resistido aos spoilers então a tensão foi grande.

Destaco alguns pontos:

* como todos já comentaram, meio óbvio que o traidor seria o Michael (queria não ter visto nem a promo... a suspresa teria sido mantida)

* a Libby deve ter morrido, sim. Era o que faltava o Jack conseguir realizar cirurgias de grande porte, com abdomen aberto, lá na hatch.
A única coisa de muito interessante que acho que pode advir da morte dela é um possível novo e grave surto esquizofrênico do Hurley!! Pode ser que ele reaja mal demais à morte dela. veremos!

* Sim, a Claire deve ser irmã do Jack. Ela faz bem o tipo daquela sua suposta mãe.

* Agora, me digam uma coisa: vcs acham mesmo que foi só para tirar sarro de uma latina que o pai do Jack escolheu um nome de judia??? Eu não acredito mais em nada por acaso na série. Pq então ele escolheria o nome da nora?? lembram-se?? O nome da (ex) mulher do Jack é Sara!!

* Mais uma vez me irrita a ínfima participação de Sayid no episódio. Não faz sentido pra mim. Ele traz (trazia) muita 'pegada' aos episódios.

*Disseram aí por cima se "vcs ainda têm dúvidas de que o Locke é do mal??". Eu tenho, sim. Muitas dúvidas (se bem que tudo que tenho são dúvidas!!). Pq novamente proteger Henry, impedindo que ALucia contasse sobre a agressão?? A essa altura ele deveria já ver em Henry algum perigo. Pq não proteger, então, seus amigos losties, informando-os??
pq é do mal?? Pq já criou um estranhíssimo vínculo psicológico com Henry? Não sei. Mas qdo se trata das reações do Locke, elas nunca são óbvias.

* Essa coisa de a Claire ser, possivelmente, filha do Dr Shepard me fez lembrar daquela teoria do Andrew Smith e das conspirações envolvendo pais e filhos...
também vou reler aquela teoria.

Até mais!

Leonardo disse...

Bom a Ana Lucia com certeza morre mas a Libby so saberemos no proximo capitulo, pq como ela foi buscar o cobertor para levar para o hurley quem sabe ela não tinha alguma garrafa de vinho no meio e acabou parecendo sangue? Bom vamos esperar o proximo capitulo e ver no que vai dar.

Comentarista Peter disse...

*medo*
*muito medo*

Na verdadefoi um episodiozinho morno, a cena AL e Sawyer foi feroz até demais, mas condisse com as personalidades dos dois. Irmã do Jack pode ser a Libby Chick.

Uma coisa, será que o Pai Sheppard tem a ver com a Dharma? Gente, ele tem relação com três personagens.

MAS AQUELE FINAL! Quando o Michael matou a AL (eu já tinha sido spoilado quanto à isso) eu fiquei mais ou menos, mas quando ele matou a Libby eu pensei WHAT THE FUCK! PORRA! MEU DEUS! e fiquei de boca aberta do momento em que ele mata ela e vai até o cofre. Maso momento WTF? NÃO ACREDITO QUE PORRA É ESSE VOU MEMATAR, MINHA CABEÇA ESTÁ GIRANDO E EU ESTOU DEFINHANDO foi ele se matando.


MUUUUUUUUUITO MEDO!
FODÁSTICO ATÉ DEMAIS!
AINDA COM MEDO!
EMOTIVO DEMAIS!
VAI SER MAIS FODA DO QUE EU PENSEI, A GUERRA

babye Libby Chick....
poor hurley

Yan.182 disse...

Bem... o cometariu estah otimo.... concordo com esse comnt.... Qm eh realmente akela mulher.... pq o Michel fez akilo?????

Sao coisas q vai mostrar no proximo capitulo...
Coments simplesmete d+++ cara... tah de parabens.....
Falow

Gabao disse...

muito foda esse eps ele tava até meio morno mas o final foi surpreendente (pra quem num tinha visto o promo )nem vejo a hr de chegar quarta que vem ....

ps* promo do 21:
http://www.youtube.com/watch?v=bUNOPyQeU8M

visitem a hatch:
http://www.hatch108.blogspot.com/

Comentarista Wolv disse...

Célia, eu tb achei um pouco óbvio o Michael, mas como vc mesma disse, ficou óbvio pra quem tinha visto os promos e lido alguns spoilers. Mas de forma alguma a cena perdeu o impacto. Fiquei de boca aberta com a forma como ela foi filmada, e eu não esperava q a Libby morresse daquela forma, apesar de muita gente já estar preparada pra isso desde q soubemos q as duas atrizes não estavam mais em Lost.

Essa idéia da Claire ser filha do Dr. Sheppard é nova pra mim, mas não achei a mulher q atende a porta tão velha assim pra ser mãe dela. Tava mais pra amiga, ou até namorada da possível filha, como eu disse, o q seria até interessante, pois até agora Lost não apresentou nenhum personagem mais "polêmico" nesse sentido.

Tb me toquei na hora da escolha do nome Sarah. Mas, sinceramente, não faço a menor idéia do motivo. Tempos atrás rolou uma teoria sobre a esposa do Jack e o Dr. Sheppard terem um caso, mas até agora nada indica isso.

E, por enquanto, não acho q o Locke seja "do mal". Agora, q ele tem algo muito especial pros Outros se interessarem nele, isso é óbvio. Resta-nos saber o q.

Comentarista Wolv disse...

Leonardo, eu particularmente acho q a Libby "foi pro saco" mesmo.

O próprio título do episódio indica isso. Como várias pessoas comentaram na época q divulgaram como ele se chamaria, "two for the road" é uma expressão q corresponde à nossa "dois coelhos com uma só cajadada". Ou seja, duas mortes de uma só vez.

Peter, a idéia da Libby ser irmã do Jack é mais difícil de eu engolir ainda. E duvido muito q eles envolvam a personagem em uma ligação tão importante, sendo q a atriz já não está mais no elenco fixo da série.

Yan.182, obrigado pelos elogios. Fiz o melhor q pude pra estrear bem. Espero q me saia melhor nos próximos.

Comentarista Peter disse...

Eu pensei isso na hora, mas na hora que ela foi pro saco eu fiquei na dúvida.

Mas será que a Libby morreu mesmo?

No promo do 221 o Hurley aperece e fala "pelo menos você está bem" pro Mike, eu acho que se a Libby morresse ele ia freakar. mas que pena a saída dela.

medo da cara do Michael no promo.
medo do Mr Eko caindo no promo.
medo do "?"
medo do Henry Gale.

E será que a missão do Mike era matar a AL ou salvar o HG? Fiquei na dúvida.

obs.: quero ver o Sawyer chorando no 221 :P

Anônimo disse...

Na minha humilde opinião, acho que o Michael deve ter feito um acordo com os "Outros" para obter o Walt de volta. Parte do acordo deve ter sido cumprir a missão que o Henry não conseguiu cumprir. Dessa forma, os "Outros" devem ter combinado com Michael toda aquela estória de que eles não eram páreo para os Losties, atraindo todos para alguma armadilha ou sei lá... E na hora que ele atirou em si mesmo, foi para que pudesse fazer parecer que foi o Henry quem matou AL, Libby, atirou nele, prendeu-o no cofre e fugiu... Bom acho que veremos a confirmação nos episódios seguintes...

Anônimo disse...

Ah, com a exceção da cena final o espisódio é muito fraco. Completamente absurda aquela intempestividade da AL, porque fica claro no próprio episódio que ela tinha ficado arrependida de ter matado o jason e por ela ter percebido no episódio dela prendendo o saiyd que a vingança não é o melhor caminho. Se ela tivesse ido matar o HG por ele ser dos outros seria uma coisa, mas por ter tentado matá-la? muito forçado, como foi muito forçada a relação dela com o pai do jack(pra mim essa segunda temporada tá mal escrita), mas esse último episódio...parece que foi feito nas coxas, que eles anteciparam a morte da AL.

Quanto ao comentário sobre o locke ser do mal ou não, por proteger o HG, acho infundado. O locke é o único que quer entender a ilha, os outros aceitam viver lá, não se preocupam mais em ir embora(quando o michael começa a conversar com alguém no computador e solta um sorriso de "que legal", que diabos foi aquilo? ele conseguiu um contato!!! ele nem pergunta "de onde vc é", "somos sobrevintes de um acindente"
nada!), els estão disputando território com os Outros agora, se assumiram habitantes da ilha. Então, voltando ao Locke, chega o HG e diz q a missão dele era buscá-lo, que ele era uma boa pessoa(afinal boa pessoa pra que?valores morais?pra experiências?dons?) o locke ficou intrigado, até pq a mãe dele o enganou dessa forma, disse q ele era especial e ele caiu porque é muito carente.Ou seja, o HG tava jogando com isso como jogou com a questão de liderança(e falnado nisso o jack tá cada vez mais chato!autoritário! a forma como ele gerlamente fala com o locke...).

por último, tô ficando com medo de a explicação final(e podem ter certeza que eles devem explicar tintin por tintin-o que eu acho uma pena, deveria muita coisa ficar em aberto) ser científica demais. não sei se vocês viram, mas já tá rolando o mapa que o locke viu na rede:

http://static.flickr.com/43/122921010_cdbb3f9da7_o.jpg

bem, é isso.

Anônimo disse...

só arrumando, o locke fica intrigado se o HG está jogando com ele como a mãe fez. pode ser isso.

Dinei disse...

Cara, sensacional a comparação com a cena de assassinato de Crime e Castigo!
Não sei se vcs já perceberam uma coisa: as pessoas morrem quando conseguem se livrar de algo que carregavam. Por exemplo, o Boone morreu logo depois que conseguiu deixar a irmã se envolver com alguem (Sayid). Shannon morre depois que Sayid prova a ela que não a abandonaria, porque a ama. E Ana Lucia morre depois de ter se negado a matar o cara, como se estivesse regenerada. As pessoas chegaram naquela ilha todos com graves problemas, e morrem assim que se livram deles.
É por isso que eu digo de Libby não morreu, e é por isso também que as crianças são levadas - pois elas não têm nenhum peso para se livrar.
Que que vc acha disso???
abraço!

Comentarista Peter disse...

titio ribas, eu quero meus comentários abaixo cmo Comentarista Oficial. Please :D?

Comentarista Mellz disse...

po, total concordo com o dinei.

Buzonfireman disse...

Estou acompanhando este blog agora, e to ficando viciadão nos comentários de vcs...
Para o pessoal mais chegado à detalhes: acham que aquela mulher com quem o Dr. Sheppard brigou no Flash Back do ep.20, tem alguma semelhança com a loira que jogou o coquetel molotov na balsa do Michael no ultimo ep. da 1ªtemporada?