quinta-feira, 26 de fevereiro de 2009

[Dollhouse] 1x02 Target

Como esse episódio saiu antes do Carnaval e a essa altura já parece quase há um ano atrás, este texto será bem breve. Até porque a série ainda não me empolgou. Claro que Echo teve um apelo bem maior por ter de satisfazer as "fantasias" de um homem, mas perdeu o fôlego justamente quando tudo virou um bizarro jogo de gato e rato. Por outro lado, a história que envolve Echo na empresa deu passos largos com o flashback explicando sua origem e a missão de Boyd.

Ainda acredito que a série só vai mesmo ganhar ritmo quando Echo se rebelar contra a Dollhouse e tentar resgatar seu passado, provavelmente até com a ajuda de Paul Ballard. Quem ficará ao seu lado e quem serão seus inimigos é a grande incógnita. Além claro do mistério envolvendo esse personagem de codinome Alpha e o massacre que deixou Echo viva. Nesse caso, como ele também parecer ter suas habilidades impressas, isso teria partido da sua própria programação. Ou quem sabe, Alpha simplesmente encontrou a verdade e por conta de algum envolvimento com Echo também queira que ela acorde para a realidade.

e.fuzii

3 comentários:

Allan disse...

Eu gostei do episódio, principalmente da caçada humana. Eu diria que esse episódio serviu como uma boa história curta. Apesar disso, ainda não ponho muita fé na série. Espero estar errado, já que faz tempo que não há uma boa estréia...

JoS disse...

e.fuzii 24 horas é OSSO ajelkajea a coisa mais sem sentido do mundo 0o jackman é "imorrivel" jalkejakejakl so deixando minha opinião : )a 1° temporada ate engole mais o resto é f*** ajkeajleajekla abraçoo .... viciado em lost

netiteve disse...

e.fuzii,

Esse episódio até que funcionaria como uma episódio de estreia. Inclusive as noções principais da Dollhouse são compreenssíveis aqui sem tanta confusão como no piloto.

Já da personalidade da semana eu, justamente, passei a gostar mais quando começou a caçada, pois se não seria outra amante com dotes especiais como já vimos antes. Claro que depois ficou meio tosco.

O Alpha passou a ser uma maior atração que a protagonista da série. Claro, existem grandes séries em que o vilão tem mais atrativos que o mocinho, mas há limites mínimos necessários. Como podemos ter carisma por uma personagem tão vazia quanto a Echo?

Também acho que a promessa de melhora da série lá pelo sexto episódio será quando do início da rebeldia de Echo. Mas por que não começaram de lá?

Não vejo nenhuma evidência que uma base importante esteja sendo armada e que precise de tempo antes da virada.