quinta-feira, 14 de dezembro de 2006

[BONES] Judas in a Pole S02E11 - DIRECTED BY DAVID DUCHOVNY

Contrariando o meu cinismo recente qdo comento a respeito da nova (e otima) temporada de Bones, o episodio de hoje a noite - dirigido por David Duchovny - fez um belo trabalho em completamente apagar meu cinismo em relacao ao roteiro. Sim, pela primeira vez escrevi sobre um episodio de Bones sem o menor cinismo e critica. Ok, ok, talvez esteja indo longe demais. Existe uma critica. A critica diz: despecam o atual diretor de Bones e empreguem o Duchovny - que nao anda fazendo mta coisa que presta mesmo desde o Arquivo-X - porque ele pode trazer algo bom para a serie.

Apesar de meu episodio preferido da serie ainda ser o "two aliens in a spaceship" (chupada do CSI las vegas dirigido por Tarantino), o Judas in a Pole foi excepcional. E dou todo o credito ao Duchovny, que resgatou o climax do final da primeira temporada, e trouxe o passado de Bones de volta a trama - e vamos combinar, a melhor razao para assistir Bones sao os personagens e nao as investigacoes - ateh o produtor da serie concorda comigo (como ele mesmo disse no DVD, que o foco do show sao os personagens, diferentemente dos outros seriados de investigacao)

Vamos aos fatos dessa conspiracao. E quickly, porque amanha tenho as 3 provas finais do meu curso.

Episodio comeca (eu acho, afinal estava aqui dedicada a escrever minha cover letter para o mestrado quando me toquei que Bones jah havia comecado) com meu personagem preferido, Zack, que finalmente completou seu doutorado. Mas a pergunta que o deixa completamente transtornado: "voce acha que pode ser levado a serio como forensic anthropologist?".

Com isso, estao criticando a aparencia do menino - que tem o cabelo desgrenhado e sempre usa camisetas de bandas e camisas coloridas - que, well, sejamos honestos, parece mais um estudante do que um doutor. em determinado ponto do episodio, Zack em desespero com medo de nao conseguir um emprego no Jeffersonian, pede ajuda a Angela - uma "makeover". Angela diz que "the fluffy hair has to go".

Zack: "i've been told i am cute. however, it was always followed by a 'but' - and the but here is that i dont look professional"


Russ vem visitar Bones/Dr. Brennan. Diz que o pai deles o contatou e disse que eles corriam perigo. E seu "sexto sentido" diz que ele estah sendo observado.

Mas os "bones" do episodio, ou melhor, os restos crucificados e queimados encontrados no topo de um hotel pertencia a um FBI agent -Delaney. Ao vasculharem seu apartamento, encontram num quarto fotos de vigilancia de Russel.


O plot eh complicado. Uma boa teoria de conspiracao, do jeito que Hodgins - e Mulder - gostam. Na garganta da vitima, encontram um pedaco de papel - uma folha de um diario pertencente a outro ex agente do FBI, Gus Harper, assassinado em 1978, "allegedly" por um ativista dos civil
rights (lembram de martin luther king jr? da turma dele), Marvin Beckett - e uma moeda de Cristovao Colombo - Columbus, em ingles.

Funny thing is, o codinome do pai de Bones era Columbus. Hmmm....

Uma otima personagem entra em cena (que jah apareceu em outro episodio, em New Orleans para defender Brennan e impedir que ela fosse presa) - e nao, eu nao peguei o nome dela droga - velha conhecida do Beckett, que Booth arranja para ajuda-lo. Mas ela o faz para limpar o nome de Beckett.

Ela pede entao a exumacao do corpo de Harper - O FBI tenta impedir, mas o juiz concede. O argumento eh, que querem saber se Harper foi assassinado exatamente como o FBI disse que ele foi 30 anos atras.

Obviamente a autopsia apresenta duvidas a versao do FBI. Harper foi assassinado por um Army Sniper. Como a autopsia se mostrou inconsistente com a evidencia que colocou Beckett na prisao, e ele eh liberado. Booth pede a sua amiga (a otima personagem que eu esqueci o nome) descobrir quem era Sniper na epoca do assassinato de Harper. A mulher de Harper diz que a folha do diario achada na garganta de Delaney (o primeiro FBI assassinado) fazia parte das notas sobre a investigacao dele - notas que ele guardava numa caixa forte de banco - banco que foi assaltado dias depois dele ser assassinado. banco que foi assaltado pelos pais de Bones.

Um old friend do pai de bones aparece. Um padre, e ele tem uma mensagem do pai para eles back off da investigacao. (Melhor amigo de um criminoso - um padre. otima!)


Investigacao continua, e tudo leva a crer que o pai de Brennan foi o responsavel por assassinar Delaney. Delaney estava obviamente atras dos filhos dele, e essa foi a maneira dele dizer "nao se meta com a minha cria"

Em determinado ponto ha um atentado contra Russ - mas nada demais acontece com a figura.

Mas Booth acaba sendo suspenso pela chefe de seu chefe, que nao estah satisfeito pelo jeito que Booth lidou com a investigacao. A equipe de squints resolvem continuar a investigacao por conta propria e ajudar Booth a conseguir seu emprego de volta.

Booth consegue a lista dos Snipers. E quem ele encontra na lista? O chefe que acabou de suspende-lo. Entao, o grandao do FBI estah atras do pai de Bones, e o jeito para conseguir achar o cara - sumido a seculos - eh atraves dos filhos - sempre o ponto fraco de um pai.

Booth e Bones correm a casa dela para prevenir Russ - mas ao inves de encontra-lo, encontram uma poca de sangue. Apesar de tudo levar a crer que eh ele, os testes de tipo sanguineo mostram que nao eh de Russ o sangue encontrado na casa de Brennan.


Bones entao vai atras do padre, amigo de seu pai. Enquanto conversam sobre o passado, Brennan acaba se tocando que o padre na realidade eh o pai dela. Cirurgia plastica, lente, o de sempre. E que Russ sempre soube que o padre era na realidade o pai deles. Alias, o dito cujo aparece, hora de fugir pai! Bones ateh tenta impedir, mas acaba eh algemada num banco. Booth chega, e ateh ameaca atirar... Mas acaba nao fazendo nada por causa de Brennan.

Papai Bones e Russ

Antes de fugir, o pai de Bones dah a ela uma chave de um banco, contendo os diarios de Harper. Gracas a isso, Booth consegue seu emprego de volta.

Nisso, aparece outro corpo (numa cena maravilhosamente filmada e soundtracked). O chefao que suspendeu Booth eh achado morto, num topo de hotel, crucificado e queimado. Adivinhem quem foi??? Papai Bones. O sangue encontrado no ape da Brennan era dele.

Para finalizar, os squints apresentam a Cam o novo Dr Zack Addy. Cabelo curto, terno (a visao do inferno) e fazem os lados dele para que ele consiga o emprego. Cam acaba aceitando, afinal ela nao quer separar a equipe.

Proximo episodio soh dia 24 de janeiro, na jah conhecida temporada de ferias das emissoras de tv americanas. Ah tortura. Mas enfim, estarei de ferias de comentar aqui - que triste!! Mas posso dar um jeito de aparecer, jah que ganhei de natal os dvds da primeira temporada de Bones. POsso fazer um apanhado geral da serie - um resumao - para aqueles que ainda nao acharam motivo para comecar a assistir essa excelente serie. Alias, para quem ainda precisava de motivo, dizer que David Duchovny dirigiu um episodio eh mais que razao suficiente para comecar.

Ducovny dirigindo Boreanaz e Deschanel


e para finalizar, uma quote de um episodio velho.
Hodgins: "ok people, the word 'dirty' means nothing here in the lab!!"

ah, e scenes from next episode... ebbs again?????? aargh bom, entao para deixar todo mundo por dentro acho que devo uma recapitulacao sobre o passado de Bones, e sobre o maldito do mala do Ebbs. Vou ver se me encarrego disso nas proximas semanas.

2 comentários:

Comentarista Allan disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Toffana disse...

Bem que eu senti uma diferença nesse epi qdo eu assisti (sen saber da direção do nosso querido David)...

Conspiração - perfeito, tudo q ele conhece e sabe dirigir mto bem...

-- ainda me lembro do 1° epi de Bones, um dialogo mais ou menos

Booth - "we are partiners, like Mulder e Scully..."

Bones - "..." ela não sabia do q ele tava falando, pra variar...