quarta-feira, 28 de fevereiro de 2007

[24] 6x11 - 4 P.M. - 5 P.M.

Bom dia amigos, fãs de 24, apreciadores da série, odiadores e afins. Foi uma longa semana até este episódio, que, da mesma forma que o 6x06, foi de transição e revelações, e senti que ele acabou muito rapidamente pelo tempo que esperei para assisti-lo, :( Mas 24 é assim. É a única desvantagem da série. E devo já começar confessando que assisti a droga do promo, e tenho que agradecer a Deus por não morar em lugares que exibem o episódio em primeira mão, pois haveria os intervalos e também as chamadas do próximo; no caso de 24, elas só arruínam a graça do episódio que há por vir. Tentarei não ver mais promos...

Antes de comentar o episódio, vale um comentário pela legenda: estava beirando a perfeição. De forma alguma estou criticando a Equipe24br, também gosto muito dela, mas a equipe Others merece o elogio.


Photobucket - Video and Image Hosting


Fiquei triste em saber que o que aconteceu a Logan depois de sua diabólica participação na quinta temporada foi apenas uma prisão domicilar. Mais triste ainda fiquei com a frieza desse reencontro, já que o Jack não é do tipo que trata bem aqueles que lhe fizeram mal. O que não entendi ainda foi o acordo secreto que Logan conseguira, que só então foi revelado ao Jack, mas os termos ainda estão obscuros. Claro que, como ex-presidente, ele deve ter muita história pra contar, mas o que não bate é que quem quer que tenha concedido o acordo a ele deveria ter pedido informações a respeito a morte de David Palmer em si, mas a única coisa que restou ser descoberta foi o papel de Graem e Phillip, o que permaneceu desconhecido, até ser descoberto nesta temporada. E se não foi sobre os Bauers, do que ele teria falado de tão bombástico para conseguir o acordo? Só se ele tivesse outros podres no currículo para usar na barganha, o que é inconsistente com o que a série nos mostrou desde o episódio 4x16. Todos foram enganados pela aparente bundabilidade do Logan na quinta temporada, quando então no 5x16 ele se revela peça chave na trama do Sentox, e descobrimos que ele autorizara a morte de David “pelo bem do país”. Fora a conspiração, eu ainda assim não acreditaria que ele tivesse cometido outros crimes notórios.


Photobucket - Video and Image Hosting

E, curiosamente, descobrimos que já chega a dez o número de elementos envolvidos da conspiração, só não entendo, até agora, o que um russo teria para fazer nela.


Photobucket - Video and Image Hosting

Bom, voltando aos fatos anteriores, Logan autorizou a morte do presidente russo em solo americano, em face a uma ameaça terrorista vinda de... separatistas russos. Lembramos também que a conspiração consistia em municiar terroristas (Bierko e companhia) com gás Sentox para atacarem a Rússia mas programar os cilindros para detonarem antes, nas caras deles, sem ferir nenhuma cidade russa, mas aproveitando o fato para provar a existência de armas químicas na região da Ásia Central, então justificar-se-ia o aumento do efetivo militar ali e, de acordo com os idealizadores do plano, garantir o “fluxo de petróleo para a América”. Dou parabéns a quem conseguir montar esse quebra-cabeças antes de ver o próximo episódio, porque eu ainda não consegui. Mas uma coisa é certa: esta parece ser a temporada mais intimamente relacionada com a que vem imediatamente antes. Gostei desse link direto entre a 5ª e a 6ª.

Este episódio foi abaixo da média, mas não quer dizer que tenha sido ruim. Ele foi mais centrado na armação dentro do bunker. E, como eu previa, Assad salvou Wayne, mas pelo jeito conseguirão colocar a culpa nele do mesmo jeito: ficou parecendo que ele detonou uma bomba como se estivesse presa ao corpo, para quem via de frente. E, com a capacidade de discnernimento reduzida pelo ataque, ninguém vai pensar que ele foi amplamente revistado antes de entrar, vão acusá-lo antes de fazer investigações. A não ser que Lennox sobreviva, já que ele ouviu tudo. No mais, este episódio reforça a minha preocupação com o rumo que a série vem tomando desde a quinta temporada: com tanta gente querida morta, os novos personagens estão custando a nos conquistar como os anteriores. E isso é algo que dá saudade na primeira temporada, em que a série retratava 24 horas da vida DE JACK BAUER, então a maioria das cenas eram voltadas para ele, também porque havia o drama familiar em paralelo com a ameaça do terror à vida de David Palmer. Agora, não que isso destrua completamente a série, mas o terror está claramente ganhando muito mais importância, e os personagens, que são essenciais para formar um vínculo mais forte entre a série e os espectadores, estão ficando de lado. Para você ver, Bill entrou na quarta temporada, e quanto sabemos sobre ele? Agora pegue os personagens desta temporada, Nadia é um bom exemplo. Chloe não está sendo devidamente aproveitada, e apenas Morris ta tendo a devida atenção. Por falar nisso, o desenvolvimento dele está satisfatório.

Vamos esperar então o 12, já que os episódios 12’s de cada temporada estão sempre entre os melhores. Basta olhar para trás e verificar! Abraços galera.

2 comentários:

Rodrigo disse...

Ótimo cometário, Leonardo. Só acredito que ainda que Lennox sobreviva, ele não vai abrir a boca a respeito da armação pra ferrar o Assad. Ele teria evitado o atentado contra Wayne, SE PUDESSE. No entanto, agora que já aconteceu, não há nada que ele possa fazer. E esse deve ser o argumento que Daniels deve usar pra persuadi-lo a continuar na Casa branca, somado, é claro ao argumento de que o país está em crise, que precisa dele, e blá, blá, blá....

E como Lennox é um patriota...

Enfim, não acho que pelo menos, A PRINCÍPIO, ele revele toda essa conspiração. Só depois, no máximo, por "crise de consciência"...


Na verdade não curto muito a premissa dessa temporada de incluir a família do Jack por trás dos eventos do 5º dia. Me soa uma história bastante artificial, e sem nenhum propósito maior, a não ser fazer Jack sofrer mais do que ele vem sofrendo ao longo dos anos, mas abstraindo isso, creio que o desnvolvimento das resoluções dessa conspiração vem sendo satisfatório(claro que ainda precisamos saber mais, e creio que essas respostas(e espero que TODAS as respostas) vão vir com o decorrer dos episódios), e como você disse, esse link com a quinta temporada é realmente o mais interessante disso tudo.

Seja como for, fico também me perguntando o que Logan teria oferecido pra ficar "apenas" em prisão domiciliar. A propósito, achei curioso que Logan ainda receba as atualizações do governo. Sim, eu sei que todos os ex-presidentes podem escolher por recebe-las. Mas até um ex-presidente traidor e assassino? Vai entender...

Rodrigo disse...

Ah...só pra complementar, não tinha reparado esse lance em relação aos episódios 12 de cada temporada, não.


Sempre tenho boas expectativas a respeito dos episódios 23(esses são quase sempre muito bons).


Fazendo uma rápido "scan" pela minha mente, lembro que o 12 da quarta temporada marca a volta da Michelle e o da quinta temporada,a morte do Edgar. Se não me engano, o 12 da segunda marca a descoberta de que Marie Warner era uma das vilãs da primeira metade da temporada. Quanto as outras temporadas, eu realmente não lembro...

Mas só por esses 3, realmente dá pra ter expectativa de que coisa boa vem por aí...