segunda-feira, 16 de março de 2009

[Dollhouse] 1x04 Gray Hour - 1x05 True Believer

Para quem pensou que havia desistido, de volta eu estou. Como já disse desde o primeiro episódio, todo esse sacrifício para acompanhar Dollhouse é único e exclusivamente porque tem o nome de Joss Whedon envolvido. Acho a premissa realmente boa e duvido que Whedon "sujaria" sua reputação fazendo qualquer porcaria. Que para dizer a verdade, é o que muitas cenas me levam a pensar. O quarto episódio pecou novamente pelas irregularidades vistas até aqui. Além de oferecerem outra idéia estúpida do que um active seria capaz de fazer na cena da parteira, Dushku como especialista em abrir cofres também não convenceu. O pior é que depois de sofrer uma interferência, a personalidade foi repassada para Sierra, que mostrou uma determinação bem mais interessante do que tinhamos visto em Echo.

Já "True Believer" mostrou-se bem melhor porque pela primeira vez os motivos de se usar um active (ao invés de uma outra pessoa qualquer) foram no mínimo razoáveis. Apesar do prazo apertado, essa situação não precisou ser forçada no espectador. E Dushku fez um bom trabalho, principalmente enquanto esteve cega. Claro que tem de se relevar todo esse aparato tecnológico de que enquanto cega ela poderia transmitir as imagens, mas acabou funcionando porque ao voltar a enxergar, o roteiro ganhou um novo fôlego enquanto a seita acreditava num milagre. A organização Dollhouse tem tido maiores problemas para controlar os actives em seu estado "vazio", mas Echo enfrenta pela segunda vez alguém tentando sabotá-la, temendo que ela se rebelasse como o misterioso Alpha. Já Paul Ballard, continua sendo um peso para a história, apenas mantendo sua fé (!!!) nas poucas migalhas que soltam de tempos em tempos.

Nessa semana teremos o esperado sexto episódio, prometido como a grande prova do potencial que a série ainda tem a mostrar. Só resta esperar.

e.fuzii

2 comentários:

Nanita disse...

Ora aqui está uma série que também sigo com grande interesse. E ao que dizem, o sexto episódio vai ser de grandes revelações.

Allan disse...

Eu gostei dos dois episódios. Mais do que quinto do que do quarto. Mas ainda assim, não me convenceu. E sou só eu que acho essa Dushku fraquinha? Que venha o tal sexto episódio.