terça-feira, 24 de março de 2009

[Dollhouse] 1x06 Man on the Street

Desde que li as primeiras entrevista do elenco e do próprio Whedon apostando todas as suas fichas nesse sexto episódio, não acreditava que simplesmente aconteceria uma reviravolta na trama capaz de deixar todos ansiosos pelo resto da temporada. Embora não tenha sido um episódio milagroso que separasse o Mar Vermelho, foi uma excelente hora de televisão. Apoiado no depoimento canastrão de algumas pessoas nas ruas, pela primeira vez a Dollhouse é tratada como um risco em potencial, que vai além do simples ato de realizar fantasias. Claro, tivemos um contraponto interessante, com o personagem do competente Patton Oswalt, disposto a realizar o sonho de rever sua esposa falecida repetidamente. Mas a constatação de que a empresa passa a ser global e tem um objetivo "secreto" dá um novo ânimo para as investigações de Ballard. Ao mesmo tempo, fui pego de surpresa pela revelação de que a frágil Mellie também é uma active e serve como uma espiã e inimiga "a paisana" de Ballard. Muito bem tramada a forma como ela despertou (cylon?) enquanto era atacada e como isso serve também para Ballard confiar ainda mais nela.

Ainda não é possível saber o que esperar dos próprios episódios, se seremos envolvidos pelos actives cada vez mais "contaminados" por emoções ou se a trama descambará para as altas conspirações da Dollhouse, mas estou finalmente achando que a série se tornará promissora, principalmente quando trata das relações humanas a serem implantadas nos actives. Só espero que não deem tanta ênfase a essas cenas de luta, que além de serem absurdas demais, ainda parecem cenário de video-game com todas as possíveis testemunhas sumindo do local. Acho que isso não cabe no tema da série.

e.fuzii

Um comentário:

Hélio disse...

Gostei da serie desde o primeiro episodio.

Mas este sexto foi um salto e tanto na qualidade. A unica coisa que nao melhorou foi a atuaçao da Dushku.