segunda-feira, 20 de novembro de 2006

[Heroes] 1x08 - "Seven Minutes to Midnight"

Após dois episódios de transição, enfim um episódio com muitas revelações interessantes.

Algo que está se firmando na série é privilegiar certos personagens em determinados episódios e ignorar completamente outros. Se no episódio anterior não tivemos Mohinder ou Isaac, neste eles retornam e saem de cena figuras centrais como Niki, Peter ou Nathan. Por ter muitos personagens, a escolha é acertada, pois é possível uma maior exploração de todos. É a fórmula de Lost fazendo escola.

Primeiro, começamos por Mohinder. Até porque o título faz referência ao horário da morte de seu pai que, como suspeitamos, foi causada por Sylar. A outra suspeita recaia sobre Mr. Bennet, personagem que também teve destaque neste episódio. Mas falemos de Mohinder. O personagem talvez seja o elo mais fraco da trama. Sabemos da importância de seu pai, mas sua busca por respostas até agora foi tão infrutífera que se torna muito difícil se importar com ele. Há ainda outro agravante: o ator é péssimo, e se neste episódio a participação de Mohinder foi significante, ficou clara também a falta de talento necessária para protagonizar cenas mais intensas. Sendhil Ramamurthy consegue ser pior que Milo Ventimiglia, o ator que faz Peter Petrelli. São os dois grandes problemas de um elenco que não preza muito pela excelência, com poucas exceções.

A descoberta do assassino de Chandra Suresh se deu através de misteriosos sonhos de Mohinder, onde ele foi guiado por um garoto para situações importantes de sua vida. Mohinder não só presencia a morte do pai, como também descobre que teve uma irmã, que morreu antes de ele nascer. O comentário de sua mãe sobre Chandra considerar a menina especial sugere que ela poderia ter dons especiais, o que teria levado o geneticista a investigar essa nova evolução humana. Os sonhos teriam sido produzidos pelo próprio Mohinder, mostrando a capacidade de vivenciar situações do passado através de sua imagem quando criança, ou o menino existe no tempo atual e quer dizer algo ao personagem? Acredito mais na segunda opção, mas quem seria ele e qual seu objetivo?

O que deseja o menino que persegue Mohinder em seus sonhos?




O episódio também mostrou um interesse amoroso para o personagem, mas por enquanto não merece destaque.

Como se era de imaginar, também foi confirmada a origem das marcas que Matt e Ted têm em comum e que elas se relacionam ao rapto que sofreram de Mr. Bennet. O diálogo entre os dois (Matt e Ted) é muito bom, ambos querendo se empenhar para descobrir respostas e isso irá direcioná-los para um envolvimento central na trama (Matt é o único dos heroes que está distante dos demais).



Matt e Ted: "Que diabos tá acontecendo?!"



Do lado de Hiro, conhecemos mais uma pessoa com poderes interessantes: a garçonete Charlie. É difícil saber exatamente como funciona sua habilidade. Memória excepcional ou uma incrível capacidade de aprendizagem que, no futuro, se mostraria também de outras formas, além da memória? Charlie era a nova vítima de Sylar e seu retorno criou um ótimo clima de tensão, por não sabermos, a princípio, quem ele estava caçando, Hiro ou Charlie. A telecinese é um dos poderes dele, mas seu método de assassinato não foi revelado.


Como Sylar mata suas vítimas e para quê?




Seja como for, Hiro logo percebeu que se tratava da mesma pessoa que havia matado Isaac no futuro e seu retorno ao passado para salvar Charlie foi bem interessante. A foto em que ambos aparecem sugere que Hiro voltou 6 meses no passado, mais exatamente ao aniversário de Charlie e provavelmente ele quem tenha dado o livro de japonês para ela! Apesar de interessante, tenho medo dessas brincadeiras envolvendo viagens no tempo. Algo terá que acontecer para impedir que Hiro faça essas viagens quando bem entender para que não crie enormes buracos no roteiro.

De qualquer forma, seis meses atrás parece indicar que é quando tudo começou e provavelmente não veremos Hiro no próximo episódio, quando Peter tentará salvar a cheerleader (e que certamente ganhará uma cicatriz no rosto), voltando no episódio 10, quando conheceremos mais sobre as origens dos poderes de nossos protagonistas.


Charlie teria ganho de Hiro um dicionário em japonês no seu aniversário?




Do lado de Isaac, temos as maiores revelações do episódio. A primeira delas é a confirmação de que Eden também tem um dom especial, que parece ser o de manipular as pessoas. É bom saber também que ela não é uma má pessoa, assim como Bennet. Se seus objetivos ainda não estão tão claros, ao menos já sabemos que há muito tempo ele investiga pessoas “especiais” e que a mãe de Claire era uma delas. Seu amor pela filha adotiva também ficou claro, assim como seu conhecimento a respeito das atividades de Sylar. Provavelmente foi Bennet quem roubou todo o material encontrado por Mohinder no apartamento de Sylar (com a ajuda de Eden) e talvez ali estivesse a informação de que Claire seria uma das próximas vítimas.



Bennet conseguirá proteger Claire de Sylar?



Episódio muito bom. Trouxe informações importantes e preparou terreno para os acontecimentos essenciais que estão por vir. Nota 9,0.

No próximo episódio: Niki à caça de DL. Sylar à caça de Claire. Enfim a mensagem que permeou a série até então (“Save the cheerleader. Save the world.”) será cumprida.

6 comentários:

Danielle disse...

Tb prefiro essa forma de contar o episódio: calma, um ritmo mais lento, mais centrada em alguns personagens. Eles tem que aprender algo com Lost.

O Hiro pode ser mais perfeito do que já é? Existe personagem mais carismático? Para mim, não! Impossível um personagem reunir tantas qualidades.

Quanto ao Sr. Bennet, fico mto confusa, "a face do mal", ou um cara que deseja reunir os Heroes para salvar a sua filha Cheerleader?

Concordo que foi um episódio bem revelador. Acredito que Mohinder tenha o pdoer de entrar nos sonhos.

Danielle disse...

Ribas, esse negócio de liberar comentário é chatíssimo. E uma coisa até fascista. Todos tem direito a opinião :P

(Danielle Mística)
:P

Comentarista Ribas disse...

Oi Dani, eu sei que vc escreveu no calor do momento, mesmo assim me permita entrar em alguns pontos...

1- O Fascismo era um regime que privilegiava a Italia e o povo Italiano, frente a todos os outros, ele surgiu em uma epoca que a Italia estava em crise e foi uma forma "populista" que o tio Benito (ou Bennito...não quero pesquisar agora, to sem tempo, inventou para "tomar o poder e fazer a Italia crescer, aderindo ao "eixo", dito isso, não considero essa nova política do CES, como facista...

2- trocando o termo "fascista"por, censura, preconceito, ou outros do gênero, lhe digo (com todo o respeito que vc julgou merecer aqui, na comuna do CES e na TL onde vc modera), que dentre as opçoes:
* Proibir comentários anonimos (que OBRIGARIA todos os leitores a se cadastrar no blogger, não queremos isso...ATÉ PQ, QQ UM PODE CRIAR UM CADASTRO FALSO)

* Proibir comentários (que nos deixaria sem nenhuma interação com os leitores, não queremos isso tb)

* Apagar comentários ofensivos (que seria um saco, além do fato de nos obrigar, e aos leitores, a ler comentários idiotas de gente frustrada, invejosa, recalcada ou simplesmente tão apaixonada pelos nossos comentaristas que acha nessa forma, uma forma de chamar nossa atenção para suas existências tristes, que vivem nos copiando ou se sentindo incomodados(as) pela nossa existência... E isso tb não queremos)
oooooou
* Usar essa nova possibilidade do Blogger e com isso, separar o que é comentário dos comentários(criticas ou elogios) dos comentários ofensivos e pessoais aos moderadores, ao blog ou só a mim, pois como eles vem com "endereço" certo, só o "endereço" lê, e escolhe responder (como escolhi responder esse...)

Acredite ou não, essa nossa escolha ajuda até essas pessoas, recentemente moderei um comentário extremamente ofensivo, fui falar com a pessoa, e ela(a pessoa) mesma concluiu que tinha feito isso no calor do momento e praticamente se desculpou qdo viu que tinham formas mais simples e educadas de se conseguir o que queria...

Em face de tudo isso, lhe afirmo que todos os comentários construtivos (criticas ou elogios) irão passar e afirmo também que o restante será bloqueado sim...

Beijão na testa e... "fica brava com o tio não" estamos pensando em vcs leitores principalmente (afinal acredite ou não, nós lemos todos os lixos que as pessoas citadas acima nos mandam...Portanto p/nós não muda muito)

Anônimo disse...

ACHO QUE SERIA MELHOR DEPOIS DE VOCÊ ESCREVER, MAS ANTES DE POSTAR O SEU TEXTO.
DAR UMA OLHADA EM FORUNS QUE FALAM DE HEROES, VOCê DEU ALGUMAS INFORMAÇÕES E DEDUÇÕES ERRADAS.
SEU TEXTO POE MELHORAR SE VOCê PESQUISAR MAIS ANTES DE POSTAR O SEU TEXTO NO BLOG.

Oz

Anônimo disse...

Ao invés de só criticar, vc bem que podia citar os tais erros né seu Mágico, senão nós leitoras ficamos perdidas e vc fica parecendo só um mero anonimo que não tem o que fazer... Essas duas coisas são tão chatas!


Dorothy (procurando o Totó)

Comentarista Hélio disse...

Oz,

Fiquei curioso sobre quais informaçoes erradas eu dei. Quanto às deduções, paciencia... sao passiveis de erro e como eu ja disse, nao sou de frequentar foruns (exceção de uma ou outra comunidade no orkut), lugares que certamente circulam muitas informaçoes que vazam de episodios vindouros.

O legal de assistir (e escrever) sem saber o que está por vir é justamente imaginar o que vai acontecer, sem medo de errar. De qualquer forma, queria saber quais informações (no que se refere ao que ja foi exibido) estao erradas. E desde ja, peço desculpas.

Um abraço,
Hélio