sábado, 24 de maio de 2008

[CRIMINAL MINDS] 3x20 "Lo-Fi" Season Finale





WOW!!!

Quem diria! E eu que já estava perdendo as esperanças...

A temporada termina com um grande episódio, o melhor desses 20. Nem vi os quarenta minutos passarem! Grande cliffhanger!!

Vejamos. A equipe é chamada a Nova York para ajudar num caso em que pessoas estão sendo executadas, a esmo, nas estações de metro. Uma grande novidade é que Garcia vai junto! Ela será essencial no monitoramento. O deslumbre dela quando embarca no jato é muito engraçado.

Penelope a bordo.

Nos crimes que estão ocorrendo, tudo é completamente aleatório. Nada em comum entre as vítimas, entre os locais, nada. E tudo é absolutamente bem planejado, pois as mortes são ao meio-dia, isto é, muito movimento e muita claridade, e de forma que as inúmeras câmeras nunca captam imagens significativas.

Em meio à trama principal, temos a questão de JJ e sua gravidez mantida em segredo, e revelada quando o Will aparece lá, pois não se conforma por ela estar atuando grávida. Aff, pra que isso no meio de um episódio tão bom?!?! Anyway, adorei o apelido que ele já recebeu nos sites americanos de comentários: ele, detetive em New Orleans, virou “mumblin’ cajun”, porque realmente é muito difícil de entender o que ele fala.
Temos também a tensão entre Morgan e a agente encarregada do caso, que parece ter sido ‘ex’ de Hotch. Ela hostiliza Morgan porque está prestes a perder seu cargo para ele, caso não esclareça essa série de assassinatos.


Voltando ao caso central, após fazer e refazer perfis, descartarem possibilidades, reconsiderarem fatores, etc, percebem que estão lidando com inúmeros unsubs, ou melhor, cada crime foi cometido por um unsub diferente. O que isso quer dizer?? Percebem que estão lidando com um grupo de terroristas, e que seus membros estão sendo treinados para entrarem em ação. As mortes são um tipo de teste, de iniciação, e as cenas que mostram a ‘sala de aula’ deles, reunidos e acompanhando tudo (pois hackearam o sistema de segurança) são de dar medo.


Escola de terror.

Quando um deles atira num policial, a equipe percebe que foi deliberado, isto é, ele poderia ter fugido mas preferiu arriscar sua vida para atingir o policial. A coisa está tomando proporção. Eles estão progredindo, no jargão dos profilers. Toda a equipe precisa agir mais rápido. Cada um recebe uma tarefa e saem para cumpri-la.

Bom, aqui faço um parênteses. A essa altura, eu estava absolutamente envolvida com o desenrolar dos fatos, num clima de tensao crescente, vidrada na tela! Quase sem ar! Aí percebo que já se passaram quarenta minutos de episódio. Como assim?? A trama nem começou a ser desvendada!!! Vejo que faltam apenas 30 segundos para acabar o episódio, começo a ficar confusa, e aí percebo que o suspense foi muito bem conduzido – e que é ótimo não ler spoilers!!

Cada um entra numa SUV (como sempre, eles têm vários carrões pretos iguais à disposição), cada um com o propósito de tomar a providência que lhe coube (incluindo a JJ, grávida). As tomadas mostrando, quase simultaneamente, cada um deles, em cada um dos carros, vão se sobrepondo, muito rapidamente. (e eu, ainda, sem noção do que estava por vir).
Só restam 10 segundos de episódio: de repente, uma grande explosão em um dos carros. Um deles está morto (sim, depois de uma explosão dessas, não vou considerar a possibilidade de sobrevida), vítima dos terroristas. E nem podemos imaginar quem.



Nossa!! Fazia muito tempo que eu não ficava sem fôlego assim, numa seqüência!! Quem será que se foi??

Na base do puro palpite, arriscaria dizer que foi o Morgan. Muito em evidência tanto nesse episódio quanto no 3x19. Demais, até. E ele que insistiu que todos deveriam estar nas ruas! Além disso, matar uma grávida, eu duvido. Hotch e Rossi precisam permanecer, depois da saída de Gideon. Reid e Garcia são geniais, não dá pra abrir mão. Até poderia ser a Prentiss, mas voto no Morgan por ter recebido tanto destaque ultimamente.
Morgan em evidência.



Que viver, verá. Que venha a season four.

Célia.

5 comentários:

Aquarius disse...

Bem, Célia... Uma coisa eu posso afirmar CATEGÓRICAMENTE: Não foi o carro de Emily Prentiss que foi pelos ares! COncordo plenamente com a sua teoria da exposição - conforme vimos em tantas séries, e a exemplo de CSI nesta 8ª temporada - é possível sim que seja o Morgan. Ou então, uma outra teoria plausível para que esse carro estar vazio ou algo do tipo.
Realmente, esse episódio de Criminal Minds foi de tirar o fôlego, mas discordo qt à qualidade - ou ausência dela - dos outros capítulos.
Por exemplo:
Cap. 10 - do menino que escreve gibis violentos e mata os assassinos da namorada em transe.
É a primeira vez que vimos, em CM, passado e futuro, numa mesma linha de presente durante a trama. Achei interessante.

Cap. 11 - A história do cara que vira assassino pq acha que tem a genética do pai. A mãe matou o api e entrega o filho. Muito bom tb!

Cap. 12 - O Dr. Reid não consegue evitar que um pai - assassino veterano - mate o cara que ameaçou a sua filha. E mais, a pedido dela mesma. E Reid fica em choque por não conseguir evitar.

Cap. 13 - A agente da Filadélfia que encontrou um assassino que fazia desenhos de suas "armas"...

E por aí vai.
Adorei essa terceira temporada.

Parabéns pelo blog.

Celia Kfouri disse...

Olá, Aquarius!

Ainda não vi, mas li que a chamada da TV para a quarta temp mstra claramente a prentiss correndo em direção ao carro em chamas. Você tem toda razão.

Eu creio - e quero crer - que alguém tenha morrido, sim. A Garcia já escapou de tiro no peito, a Elle havia escapado do atentado, o Reid resistiu às torturas e não foi morto, etc. Até aí, vá lá. Quero dizer, a uma explosão como essas, não daria para sobreviver. E ficarei muito decepcionada que aquela ótima sucessão de cenas em que os personagens entram nos carros tenha sido uma pegadinha apenas. Não, não quero acreditar.

Quanto à qualidade dos episódios dessa 3a temp, é fato que eu gostei mais das duas anteriores, mas eu concordo com você que houve muita coisa boa.
Eu só achei que os últimos formaram uma seqüência muito fraca (o 3x17, 3x18 e 3x19).
Se vc ler meus comentários sobre os episódios anteriores, verá que eu elogiei muita coisa.
Só discordo de você quanto ao 3x10. Esse eu realmente não gostei. Mas os 3x08, 3x09, 3x11, 3x12, 3x13, 3x16 e 3x20 foram muito bons, na minha opinião.
Dá uma lida nos comentários anteriores se tiver um tempo, e depois comentamos mais.
Ate!

Celia Kfouri disse...

http://www.comentariosemserie.com/search/label/S%C3%A9rie%20-%20Criminal%20Minds

Adriano disse...

Excelente !

Minhas consideracoes, o episodio foi muito 'curto' pra o nivel de tensao q manteve, durante o mesmo, ateh mesmo por isso teria q continuar, dando esse excelente gancho pra 4a. temporada, o q tb aconteceu da 1a. pra 2a. temporada, MAS nao havia acontecido da 2a. pra 3a.

Sobre o final do episodio:
1. NORMALMENTE, os carroes pretos deles sao usados em "duplas", achei uma falha de roteiro, logo no momento q antecede a "grande explosao", todos terem ido a carros "individuais", salvo a JJ, com seu "noivo".

2. ACHO q o carro q explodiu NAO eh de nenhum da equipe, eh apenas um carro com a mesma aparencia! Nao acho q eles queiram matar e nem tirar da serie outro personagem, como jah fizeram na 2a. temporada e no inicio da 3a. com a saida do Gideon. Logo nao creio q logo no inicio da 4a. temporada iriam matar um personagem da serie. Pode ateh ser um dos carros dos personagens, MAS irao inventar uma forma pro personagem nao ter entrado no carro, logo a explosao nao te-lo matado.

3. Acho q se fosse pra alguem morrer, seria a Penelope, pq apesar do personagem ser simpatico, eh pra mim o mais "substituivel" da serie. POREM, ateh mesmo pela empatia com o personagem, acho dificil os produtores da serie quererem a morte dela, a nao ser q ela tenha pedido pra sair da serie...
Pra mim, se algum dos personagens tiver morrido, provavelmente o contrato dele acabou e o mesmo nao quis renovar. Seria esse o unico motivo pra alguem sair da serie na minha opiniao.

Um abraco a todos,

Celia Kfouri disse...

Ainda que o motivo tenha sido esse - fim de contrato - eu, contraditoriamente, espero que alguém tenha morrido, sim. Explico: gosto muito de todos os personagens, não teria motivo algum para que eu desejasse que qualquer um deles morresse. Porém, a cena final, o suspense da seqüência toda, todo o desenrolar do episódio, enfim, tudo foi bom demais para ser enrolação. Seria no mínimo vulgar fazer isso tudo para depois mostrar que era um outro carro. Recurso aquém do ordinário para criar suspense.
Anyway, se for esse o caso, só me resta lamentar. E rever meu comentário tão positivo sobre o episódio.