quarta-feira, 18 de julho de 2007

[FILME NACIONAL] Era dos Mortos - 2007

É muito estranho comentar um filme, quando sei que o autor, diretor, roteirista e até os atores, deverão ler... Beeeeeeem estranho, maaaaaaaaaaaas promessa é dívida! Então vamos aos comentários dessa produção nacional, TOTALMENTE INDEPENDENTE!!




FICHA TÉCNICA
Título Original: ERA dos MORTOS
Gênero: Terror
Tempo de Duração: 50 minutos
Ano de Lançamento (BRASIL): 2007
Site Oficial: http://www.eradosmortos.com.br
Estúdio: C.E. Filmes Independentes
Distribuição: Independente

SINOPSE
A idéia proposta pelo ERA dos MORTOS é seguir dentro de uma epidemia de zumbis a trajetória de um cara e das pessoas que ele encontra pelo caminho. Só que eles não formam um grupo de sobrevivência e se ajudam, na verdade acontece o contrário.

SOBRE O PROJETO
O Filme foi feito sem ajuda financeira alguma, completamente independente com mínimo possível de custos.
Todos os envolvidos trabalharam por amor a "arte marginal" e ao "gore". Foi planejado como um filme onde a história não fosse complexa e que deixasse espaço para criamos um ambiente, é um filme para passar uma sensação e não para explicar "porquês". A idéia foi fazer um filme com os recursos que tínhamos mas que fosse pouco comum, e onde as coisas não fossem obvias...

EQUIPE DE PRODUÇÃO
Direção: Rodrigo Brandão
Roteiro: Rodrigo Brandão, Gabriel Almeida
e Weiller Rodrigues
Edição: Rodrigo Brandão
Fotografia: Rodrigo Brandão
Efeitos e Maquiagens: Filipe Vidal
Músicas de: Harlem Pinheiro, Evandro Iwaszko, DxOxRx

ELENCO
Weiller Rodrigues, Gabriel Almeida, Isadora Faria, Saulo Castro, Gustavo Sá Fortes, Luana Queiroz, Rodrigo Brandão, Zumbis: Gabriel Barroso, Bruce Andrade, Fabiano Vital, Thiago Felipe de Sá, Bruno Firmo, Daniel Araújo, Caian Barreto, Andre Luíz de Oliveira, Messias Alvim, Daniel Brandão, João Carlos De Souza, Deanderson Fioravante Junior, Carlos Eduardo De Mello, Filipe Vidal, Siloé Claudino, Frederico Kingma, Matheus Muzzi, Thiago André De Queiroz, Fabrício Rodrigues, Arthur Almeida



COMENTÁRIOS:
Eu poderia estar matanu, eu poderia estar robanu, eu poderia tá estrupanu, eu poderia até estar aqui buscando pontos p/elogiar o filme, a audácia do Rodrigo e equipe, p/criar um comentário "chapa branca" (a maioria talvez não entenda essa giria), maaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaas não é meu estilo, não criei uma fama de tio ranzinza, elogiando sem critério, alias, por falar em estilo, eu assumo que até estou quebrando o meu estilo atual de só comentar filmes que me charam a atenção, e o faço, agora sim por razões nacionalistas, porque sei das dificuldades que é fazer cinema auqi no Brasil, ainda mais cinema de terror, sem orçamento e sem apoio...

Portanto, a partir desse instante, tecerei críticas e farei algumas perguntas, cujas respostas, pelo menos para nimim, não ficaram claras...

Começo criticando a embalagem do dvd, caixa e capa muito bem feita e tal e coisa, mas o DVD em si, dá a impressão de eu ter comprado uma cópia (BLARGH!!!) PIRATA, em algum camelô... Até um decalque ou uma etiqueta daria uma melhor impressão, outra idéia/solução p/isso, seria nos futuros dvds mandados, estes serem autografados pelo Rod e pelos atores, isso daria uma melhor impressão àquele dvd virgem gravado...

Quanto ao filme em si, devo dizer que ele não tem o tempo de um filme nem a agilidade de um episódio de seriado, além disso o enredo (enredo???) não tem situações factíveis e a continuação e/ou elementos de ligação e/ou tensão, qdo existem, foram muito mal trabalhados no roteiro...
Abaixo, alguns bons exemplos do que eu estou falando:
>>> O fato da dupla de "sobreviventes" precisarem ir p/uma tal escola e, lá chegando, após entrarem na "super escola salvadora", começarem a procurar uma saída sem mais nem menos (se queriam sair, pq entraram????)
>>> A quase total falta de dialogos e/ou situações(no lugar dos dialogos) que explicassem as cenas e o pq das mesmas;
>>> O ator principal, digo o personagem principal, um engenheiro eletricista (possivelmente), que tem a chave p/entrar em locais super protegidos (gradil, arame farpado...) e consertar antenas, além de ter livre acesso a prédios possivelmente residenciais, se vestir como um nerd adolescente esteriotipado, e não conseguir ter uma boa idéia para sobreviver, simplesmente começa a seguir um estranho armado com camisa de surfista, sem nenhuma pergunta (sim, eu sei que depois de alguma caminhada, eles se falam...);
>>> O segundo ator principal, que é um "surfista" que tem, e "sabe usar" uma pistola, tem trejeitos de policial canastrão de seriado americano e possui poderes de wolverine (levou um tiro no joelho e dois minutos depois estava correndo leve e faceiro...);
>>> O eletricista, ao encontrar um sujeito quase morto no meio da rua, pára p/ficar olhando a desgraça alheia e, ao ver que o sujeito ainda vive, ao invés de ajudar, sai correndo do nada (ele ainda não sabia da infestação nem de nada do gênero...), em uma cena a seguir, vira sociável e puxa papo com um velinho que estava sossegado andando a sua frente;

Além de tudo isso citado acima, eu realmente não curti o figurino e a escolha dos atores, praticamente todos jovens e com roupas de praia (camisetas, calças jeans e bermudas), a propósito, aquele boné do ator principal e todo o "jogo" com ele (tira e coloca), é irritante!!!!!! Além do que, o boné cobre o rosto do ator principal, em quase todas as cenas...

Por fim (na verdade, parando no meio, pois cansei), quero deixar consignado minha tristeza com o resultado final, primeiro porque eu esperava mais, e segundo, porque pelos 50 minutos que eu vi, EU TENHO CERTEZA, que o Rodrigo e toda a equipe de produção (tirando deste rol, apenas quem escolheu o elenco), tem muuuuuuuuuuuuito potencial e, em breve estarão nos trazendo coisas muito boas, pois várias cenas e tomadas, estão realmente muito bem feitas, várias jogadas, foram muito bem boladas e deram um ótimo resultado, pena que qdo vemos o todo, deixa muito a desejar...

Esse filme quebra aquela idéia de uma camera na mão e uma idéia na cabeça, além disso, ficou provado que é necessário um bom roteiro, e atores que representem bem os personagens que se quer mostrar (não estou julgando a atuação dos atores, mas sim a escolha deles para os papeis...)

P/um primeiro filme, totalmente independente, totalmente na raça e feito a toque de caixa, valeu a pena ver e, para quem gosta de se aventurar em cinema independente, eu aconselho... Alias, digo mais, comprem o filme (principalmente se o Rod ou alguem do grupo dele, prometer aqui no blog que irá autografar os próximos hehehhe), pois vcs estarão apoiando uma equipe de futuro e, ao mesmo tempo, um dia, qdo eles tiverem muito sucesso, quem sabe mundial, vcs poderão bater no peito orgulhosos e pensar que, um dia, ajudaram o cinema nacional a melhorar, apoiando uma equipe de futuro...

Enquanto eles não fazem novos filmes e novas experiências (sempre estaremos de olho e prontos a divulgar novidades)...

Que venha "Capital dos Mortos"!



++++++++++++++++++++++++++++++++++++
++++++++++++++++++++++++++++++++++++

......................................Um Adendo ......................................

++++++++++++++++++++++++++++++++++++
++++++++++++++++++++++++++++++++++++


Acabo de receber o seguinte scrap (msg enviada ao orkut) do diretor, roteirista, editor, ator... do filme.



E, em face disso, vou comentar algumas coisas a respeito: (já já vou começar a cobrar p/criticar os outros hehehehe Pena que não moro nos EUA, onde partindo da mesma idéia proporcional (aqui no Brasil existem dois projetos e eu falo com os dois diretores), teria contato com mais diretores, editores e tra la la...Daria mais trabalho, mas seria tããão batuta!)

EDIÇÃO:
>>> Bons momentos e boas sequencias, porém enjoei dos efeitos de "choque" e de "escuridão", uma ou duas vezes de cada um, já seria de bom tamanho e daria um efeito melhor...
>>> As passagens "sugadas" mostrando exército, acidentes e outras coisas, jogaram o nível muuuuito p/cima, enquanto que ao voltar p/o "filme" o nível não se mantinha (esse tipo de "comparação" no meu ver, não foi saudável...) O mesmo ocorreu com a sequência quase final, com texto em off...

FOTOGRAFIA:
>>> Bons momentos e boas sequencias, boas tomadas e boas escolhas de locação, maaaaaaaaaaas como quase todo o filme, não se salvaram da enorme gangorra de qualidade e sequencia... Não dá p/falar que a fotografia foi boa ou ruim, alias, não dá p/generalizar nada no filme, nem o próprio filme, pois em quase todos os quesitos (MENOS NO ELENCO) existem pontos bons, muito bons e até ótimos, porém sem muito trabalho, se acham pontos ruins, muitos ruins, péssimos e sofriveis...

Volto a dizer o que eu já disse, a equipe tem um super potencial e um super futuro, maaaaaaaaaaaaaaaaas precisam lapidar muuuuuuita coisa!

Eu faria melhor??? Não tenho a menor idéia! Só sei que criticar (construtiva ou destrutivamente) é bem mais fácil e confortável, portanto não sei se um dia terei CORAGEM p/tentar...

Por fim, fica os meus parabéns por terem feito algo e o meu sincero desejo de que, em futuros projetos, corrijam os pontos citados e outros tantos que, sei que no intimo de, vcs sabem quais são...

Ultreya!!

Fui!!
(E agora, pelo menos sobre esse filme, não volto mais!)

4 comentários:

Comentarista Dani Mística disse...

Caracoles, olha que fiquei curiosa. Será que o filme já nasceu (e morreu,hohoh,ok,foi infame) cult?

Comentarista Dani Mística disse...

Vc voltou ao filme, não pode.

:P

Comentarista Leco disse...

Gostei do visual... me lembrou "Madrugada dos Mortos"...


Tem pra baixar!? hohohoh

Abraços

ERA dos MORTOS disse...

Vai ter apartir de 05/08/07 no site oficial