sexta-feira, 6 de julho de 2007

LOST: O Que Sabemos Até Agora - 7ª Parte

OS OUTROS

Os Outros: o grupo é uma fusão de duas facções inicialmente distintas: os remanescentes da Iniciativa DHARMA, que durante a Purgação se rebelaram contra o projeto; e os Hostis, que habitavam a Ilha antes da DHARMA assumir o controle do lugar. Até agora sabemos os seguintes fatos sobre sua história e métodos:

  • Os Hostis podem ser descendentes daqueles que construíram o templo em ruínas, onde os Outros acamparam após abandonarem o quartel, e a estátua que possuía o pé de 4 dedos;
  • Provavelmente o hábito de se vestirem precariamente, e viverem mais em contato com a natureza (por exemplo, andando descalços), antes de assumirem as instalações da DHARMA, façam parte de alguma tradição de seus ancestrais;
  • Também é possível que algum deles, seu líder original, tivesse contato direto com a “entidade” designada com Jacob. Talvez este seja o critério para que alguém se torne seu líder: ser capaz de ouvir e enxergar Jacob;
  • O interesse de Richard Alpert em Ben, quando este ainda era criança, pode vir especialmente do fato de o garoto ter visto o “fantasma” de sua mãe na Ilha. É possível que tenha encarado isto como um sinal característico de um futuro líder de seu grupo (talvez alguém capaz de enxergar “fantasmas” também enxergue Jacob);
  • Richard parece ter encontrado uma forma de retardar seu envelhecimento, tendo em vista que não há qualquer diferença entre sua aparência atual e a que tinha ao encontrar Ben pela primeira vez (exceto pelo cabelo mais curto);
  • A Purgação parece ter sido planejada durante anos. As armas usadas pelos Hostis para atacar a DHARMA muito possivelmente foram fornecidas pelos membros rebeldes do projeto, que não concordavam com a forma como tratavam os habitantes originais da Ilha. O mesmo valendo para o código de desativação da cerca sônica, sem o qual não poderiam invadir o quartel;
  • Quando Benjamin Linus, já adulto, passou a ouvir e enxergar Jacob, os Hostis, agora mais numerosos, e contando com ex-membros da DHARMA, passaram o controle do grupo para ele (suposições minhas);
  • Desde a Purgação, os Outros encaram qualquer grupo de pessoas recém-chegadas à Ilha como uma chance de angariar novos membros, ou obter novas cobaias para suas pesquisas;
  • Durante seu primeiro contato com o grupo de Danielle Rousseau, eles “transmitiram” para os companheiros da francesa uma “doença” não especificada, que a motivou a matá-los;
  • Segundo Danielle, os Outros podem também ser a fonte dos sussurros ouvidos nas florestas da Ilha;
  • Eles têm grande interessem em mulheres grávidas, pois são cobaias perfeitas para suas pesquisas sobre a doença das gestantes;
  • Também possuem um interesse especial em crianças, que os fez seqüestrar Alex, recém-nascida; o casal de irmãos do grupo da traseira; e Walt, do grupo de Jack. A finalidade destes seqüestros permanece desconhecida;
  • Segundo eles, só capturam para si “pessoas boas”, embora ainda seja um mistério quais as características que eles observam para classificarem alguém como “bom”. Mikhail, a este respeito, disse a Sayid, Kate e Locke que eles não estavam na lista de pessoas que se juntariam a eles por terem defeito como raiva, fraqueza e medo, repectivamente;
  • Alguns deles, incluindo Juliet e Richard, parecem discordar das idéias de Ben. Este último chegou a criticar sua obsessão pela busca da cura do mal das grávidas da Ilha, dizendo que estavam lá por razões mais importantes que esta;
  • Muitos deles admiram John Locke por sua ligação com a Ilha, que o curou. Richard deu a entender que ele era uma pessoa especial, e que seria quem lembraria o grupo de seus principais objetivos;
  • Talvez parte das tradições que herdaram de seu ancestrais seja o “funeral viking” que fizeram para Coleen;
  • Para maiores detalhes sobre a história dos Outros recomendo a leitura da 6ª parte deste guia, onde há um tópico dedicado a Benjamin Linus, cuja trajetória se confunde com a do grupo que lidera.

Jacob: citado pela primeira vez como o autor de uma lista na qual estava o nome de Jack, Jacob é o “chefe supremo” dos Outros, que guardam grande respeito e admiração por ele e sua inteligência:

  • Possui supostos meios de curar uma pessoa com câncer, como sugerido por Ben, quando prometeu a Juliet que o próprio Jacob curaria sua irmã Rachel, quando seu câncer uterino “voltou” a se manifestar;
  • Somente Ben tem acesso a Jacob, e parece ser o único capaz de enxergá-lo e, talvez, ouvi-lo;
  • Vive em uma cabana abandonada isenta de qualquer traço que indique a presença de tecnologia. A cabana é cercada por um círculo traçado com um pó de uma substância incerta, que, aparentemente, o prende àquele ponto da Ilha;
  • Em seu primeiro encontro com Jacob, Locke não o viu nem o enxergou, até que usasse uma lanterna dentro da cabana, logo após ouvir uma voz lhe pedindo ajuda. Assim que a lanterna foi ligada, Jacob reagiu sacudindo correntes, balançando cadeiras, jogando uma lamparina no chão, fazendo-o pegar fogo, atirando um frasco de vidro contra a janela atrás de Locke, e por fim aparecendo por breves instantes;
  • O pouco que se viu de sua silhueta se parecia muito com Locke de perfil, usando roupas surradas, barba por fazer, e cabelos com entradas;Ao final do encontro, Ben deu a entender que talvez nunca tenha ouvido Jacob, ou que tenha sido o único capaz de ouvi-lo até então.

E terminamos por aqui este guia, que certamente será revisitado, revisado e atualizado durante as próximas temporadas. Espero ter ajudado alguns de vocês a relembrarem de fatos que já haviam esquecido, ou esclarecido alguns pontos da série até então obscuros. Se consegui isto, então atingi meu objetivo.

E pra quem começou a ler só agora, aí vai, mais uma vez, os links para as partes anteriores:

1ª parte - Animais e Criaturas da Ilha
2ª parte - Locais e Elementos Misteriosos
3ª parte A - Fenômenos Gerados pela Ilha
3ª parte B - Fenômenos Gerados pela Ilha (continuação)
4ª parte - As Organizações de Lost
5ª parte - A Iniciativa DHARMA
6ª parte - Personagens Intrigantes

Até a próxima semana, quando falarei do que ainda não sabemos de Lost.

Rodrigo "Wolv" Ferreira

3 comentários:

Julia disse...

Cara MUITO obrigada por essa série! Eu to gostando muito dos posts. As vezes se passa tanta coisa em lost que a gente acaba esquecendo de alguns detalhes, e essa série tá sendo ótima pra refrescar a memória. E também ajuda a matar a saudade de lost no graaaande intervalo.

Rubens disse...

Os posts sao EXCELENTES, mas esta combinacao de letrinha azul clara com fundo cor-de-rosa-bebê, escolhida para a matéria, detona com a vista de qualquer um... Haja oftalmologista...

Andrea disse...

Parabéns pelo resumo e pela clareza nas informações...

Realmente eu não lembrava da metade do que escreveu...

Muuuuuuuito bom!!!