domingo, 14 de outubro de 2007

[FILME] Across the Universe (2007)

Esse musical eh absolutamente adoravel. Fofo. Uma graca. E essa eh a melhor definicao que posso fazer dele. Afinal, um musical baseado em musicas dos Beatles - nao tem como dar errado certo? Realmente, no aspecto musical o filme eh perfeito. O que acaba deixando a desejar no quesito historia.... Porque eles constroem o filme em volta de musicas jah escritas, e em alguns momentos a historia soa forcada, com cenas totalmente sem nocao que soh foram colocadas para poderem tocar uma musica famosa que nao se encaixava em qualquer outro lugar na historia... Mas who cares, right? Soh pelas musicas o filme vale cada centavo do ingresso. E da trilha sonora que logo que cheguei em casa comprei. No iTunes. Sim, o lugar mais caro possivel para baixar musicas da internet. Isso eh o tanto que as musicas do filme sao boas.


Admito que nunca fui fan dos Beatles. Assim, antes de comecarem a atirar pedras em mim - eu considero Beatles uma das melhores bandas que jah existiu, e com um legado que provavelmente
ninguem mais conseguira chegar nem perto de atingir. Mas serei clara. Nunca fui muito fan dos Beatles mesmo assim. Nao me atraem as musicas, ouco um pouquinho e jah enjoei... Mas. MAS. adoro covers dos Beatles. Adorei as covers na trilha de I am Sam. Adoro as covers das musicas do Lennon que recentemente sairam no cd Instant Karma. Adoro quando alguem pega um violao e toca uma musica dos Beatles. E claro, absolutamente AMO as covers que o Oasis faz deles. Mas dos Beatles em si... Not so much. (Sem pedradas okay? Releiam o comeco do paragrafo)


Enfim. Across the Universe tem uma historia simples e tipica da era hippie. Guri de Liverpool (Jim Sturgess - o sotaque mais lindo da historia do cinema) vem aos Estados Unidos procurar pelo pai que nunca conheceu. Guria americana (Rachel Evan Wood - namorada arrogante sem graca do Marilyn Manson, e isso diz tudo sobre ela) se forma do colegial e ve o namoradinho sendo despachado para a guerra do Vietnan.


Jude conhece Max, que eh o irmao da Lucy quando vai a Yale/Harvard/Princeton/Whatever Ivy League desas procurar pelo pai. O pai nao eh lah essas coisas e nao quer muito saber do fiho perdido que nunca ouviu falar. E eh nessas que o Jude faz amizade com o Max, e acaba indo passar o dia de Acao de Gracas com a familia dele e conhecendo Lucy.


Jude: My God, you- you have perfect teeth.
Lucy: [sucks in her lips]
Jude: No you do. Where I'm from, in Liverpool people have teeth going in all different directions.
Lucy: Have you never heard of braces?
Jude: Yes I have thanks, we use 'em to hold up our trousers.


Max larga a Ivy League college e ele e Jude se mudam para NY. O namoradinho de Lucy morre, e ela vai desolada passar uns tempos em NY com o irmao, que a essa altura jah estah totalmente chapado com os anos 70. Com Lucy, vai uma carta de convocacao que chegou para Max na casa dos pais. Jude e Max levam uma vida boemia (claro) em NY. Dividem apartamento com varias figuras classicas. Lucy e Jude acabam se apaixonando e Max nao consegue se safar e vai para o Vietnam.

Mas nem tudo eh um mar de rosas para o casal, e em certo ponto do filme voce acaba odiando Lucy (e Rachel Evan Wood respectivamente) e o jeito que ela trata o fofo do Jude. Tsc tsc
tsc... Jude e Lucy brigam feio. Ela estava passando tempo demais voluntariando para uma organizacao que quer acabar com a guerra do Vietnam e o "inspirador" lider da mesma. Jude morre de ciumes, mas ele nao ve razao para toda a comocao.


Lucy: I would lay in front of a tank if it would bring Max back and end this war.
Jude: Yeah, it wouldn't.
Lucy: We're in the middle of a revolution Jude. And what are you doing? Doodles and cartoons?
Jude: Well I'm sorry I'm not the man with the mega-phone, but this is what I do.



Ela vai embora mas Jude ainda tenta mais uma vez ir atras dela, numa manifestacao. Mas a policia aparece, e Jude enlouquece quando eles a prendem - e por consequencia acaba sendo preso tambem. Mas Jude estava ilegal no pais, e acaba sendo deportado de volta a Liverpool.




Mas claro, tudo acaba bem nesse previsivel filme, e Max volta da guerra - fucked up but alive. E Jude volta para os EUA e Lucy ainda gosta dele, e eles vivem felizes para sempre, cause All you need is love. Love. Love is all you need.







Trailer High Def [Apple.com]
"I've seen a face" Clip





Writing credits
(WGA)
Dick Clement
(screenplay) &
Ian La Frenais
(screenplay)

Julie Taymor
(story) &
Dick Clement
(story) &
Ian La Frenais
(story)

Cast

Evan Rachel Wood ... Lucy

Jim Sturgess ... Jude

Joe Anderson ... Max Carrigan

Dana Fuchs ... Sadie

Martin Luther ... JoJo (as Martin Luther McCoy)

T.V. Carpio ... Prudence




creditos: www.imdb.com
fotos: apple.com, imdb.com e oficial website



Anita Boeira

2 comentários:

Comentarista Ribas disse...

Eeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeei

Quero ver esse filme!!!

e

Eeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeei

Gostei da foto nova!!

M disse...

Ok. Você venceu. Batata frita e Beatles. Amo.

A história me pareceu meio clichê, mas só o fato de ser um musical baseado nas músicas dos caras acho que faz valer cada fotograma.