sexta-feira, 12 de outubro de 2007

[Supernatural] 3x02 The Kids are alright

Cheguei a gelar nos primeiros minutos de SN, será que abuso infantil estava na pauta do dia? Forte demais. Porém, não é Cold Case e tudo voltou ao velho lugar comum das tramas sinistras :P

E estou gostando dessas vísceras para todos os lados. Mais um episódio sob a chancela de John Shiban, povo de Arquivo X, minha gente. SN está gastando e a audiência tem que responder.

E Dean pode ser papai. Rá! O menino gritando (com cabelinho a la Dean) AC/DC Rules!! Ri muito! Nada como os ensinamentos de “pai” para filho. Dar uma porrada no valentão é coisa que só homem mesmo poderia ensinar. As cenas da festa infantil foram ótimas e engraçadas na medida certa.


Tal pai, tal filho?


E vamos a trama...Estranhos acontecimentos num condomínio bacana! Pessoas morrendo, uma onda de "azar" na vizinhança e as crianças estão ligadas de alguma forma. Eu realmente gosto quando colocam crianças no meio, acho que toda história de terror fica valorizada com a presença delas. Não sei se pela inocência, por serem vulneráveis, por estarem, em última instância, acima das desconfianças, as crianças são elementos sinistros dessas histórias. Os melhores filmes do gênero tem os pequenos no meio. O Exorcista, Colheita Maldita, IT...

Enquanto o elenco de SN ainda sofre de overacting, destaco a participação da mãe de menininha sinistra. E a própria, que é adorável.

Enquanto Dean cuida dos seus afazeres de papai, Sam reencontra Ruby, louca por catchup , que dá uma pista sobre a mitologia de SN nessa temporada. A morte da mãe dos meninos e a sua relação com os amigos. Tem algo ai. E, sinceramente, esse irmãos adoram fazer um pacto com os demônios, que isso, minha gente. Lá vai Sam fazer outro para descobrir sobre sua mãe e, de quebra, salvar seu irmão da morte certa. a revelação de Ruby ser um demônio eu acho cool. Faz até mais sentido.

Gostei muito desse episódio, as situações lúgubres, a gaiola que prendia as crianças, a sensação de que, a cada instante, algo estava para acontecer, enfim, todo o clima de suspense que SN é capaz de fazer. Agora sim começou e espero que engrenem. Só achei chato eles resolverem o plot da paternidade de Dean, isso poderia ser usado mais para frente. Perderam uma oportunidade.



Apesar do nome do episódio ser uma referência a uma música do The Who, lembrei de Pink Floyd com Another Brick In The Wall . Rá. Todo poder as crianças, e não é que hoje é dia das fofurinhas!

Curiosidades:

A tal música do Who e o filme baseado na obra de Stephen King, Colheita Maldita, são referências para esse episódio.


Danielle Mística

2 comentários:

Gisele disse...

Aviso para o Ribas:
Abriram as inscrições para a Sociedade dos Blogs de Séries!

Te inscreve no blog:
www.sociedadedosblogsdeseries.wordpress.com

Abraço!

Comentarista Ribas disse...

Oi Gisele...

Se isso for um convite, pode colocar o CES, na tal Sociedade, mas se for só um aviso, p/a gente ir lá pedir p/entrar, ser votado e ter pelo menos sei lá quanto de aprovação (sim, fui dar uma olhada por cima, p/ver o que é isso), então só resta agradecer pelo toque e pela amizade e desejar sucesso p/tal sociedade...