sexta-feira, 21 de setembro de 2007

[FAST NEWS] Polêmica sobre pirataria de 'Tropa de elite' domina o tapete vermelho do Festival do Rio 2007



Em uma matéria do jornal "O Globo", várias personalidades, que estavam no Festival do Rio 2007, para ver o filme "Tropa de Elite", comentaram a pirataria ocorrida...

Quem quiser ler a matéria inteira (VALE A PENA) clique aqui

"Eu tenho caráter"
José Wilker foi o primeiro a riscar o tapete vermelho. Chegou animadamente e comentou que o que mais curte no Festival do Rio é a diversidade do cardápio de filmes da mostra. De repente, o tempo fecha. "Você viu 'Tropa de elite' pirata?", quis saber um vídeo-repórter. "Eu tenho caráter e faço questão de ter. Não vi o filme. Recuso-me a aceitar a canalhice como algo normal", respondeu Wilker, visivelmente incomodado. "Alguns traumas da sociedade precisam ser debatidos", continuou. Pouco depois, ele voltou à descontração. Elogiaram seu smoking e perguntaram de que grife era. "É Cavalli".

Sem moralismos
Milton Gonçalves também se recusou a ver a cópia pirata do filme. "Já temos tanta coisa fake no Brasil. Quero ver o filme no telão. Não vi a cópia pirata não, mas não por moralismo, e sim pelo respeito ao trabalho dos produtores, que tem que ser exercido", justificou o ator.

Tacada de mestre
O ator Hugo Carvana foi breve ao comentar a polêmica: "Foi uma bela jogada de marketing que deu certo". Para bom entendedor...

Segurança pública em foco
Gabriel o Pensador: "Não e acho que ninguém precisa. A pirataria é lamentável. Boa parte dos que compraram e viram tem boas condições financeiras. O mais importante do filme agora é abrir a discussão, mais uma vez, sobre a segurança pública", pediu.

Confissão
O ator Ângelo Antônio confessou no tapete vermelho que viu parte de "Tropa de elite" num táxi. "Quase pedi para o motorista dar mais voltas para eu ver um pouco mais. Queria muito ver. Fiquei curioso", explicou. Então você veria a cópia inteira? "Se alguém me emprestasse a cópia pirata veria, sim, sem pudores", confessou.

Fantasia de tapete vermelho
Betty Faria foi outra vítima dos gaiatos do "Pânico". De vestido vermelho, ela ouviu essa dos humoristas: "Você veio fantasiada de tapete vermelho?". Ela, que jurou não ter visto o fime, sorriu. "Não vi o filme. Não sou uma mentirosa. É uma questão de postura!", bradou Betty, que se auto-intitulava "madrinha" do Festival. Que tal?

"Briguei com todos os amigos"
Maria Ribeiro foi a única integrante do elenco de "Tropa de elite" a enfrentar o tapete vermelho (os demais entraram por uma porta lateral e só apareceram na porta do Odeon para fazer uma única foto). A Rosana do filme viu um lado bom em toda a repercussão da pirataria. "Espero que isso reverta a favor do filme, discutindo a questão da pirataria a fundo", comentou a atriz ao lado do marido, o ator Caio Blat. "Eu não vi, mas 90% dos meus amigos viram e briguei com todos! Mas eles me garantiram que vão ver de novo no cinema", comentou, aliviada. E a polícia corrupta? "Olha, eu passei a ver a polícia melhor depois do filme", respondeu. A atriz comentou também a tentativa de alguns policiais do Bope que tentaram na Justiça embargar o filme alegando que ele denigre a imagem deles. "São cinco gatos pingados querendo aparecer", retrucou Maria, que nunca foi assaltada na vida.

"Veria a cópia pirata, sim!"
Bruna Lombardi foi a única dos famosos inquiridos a confessar que assistiria à cópia pirata de "Tropa de elite". "Não vi o filme. Vou ver só agora. Mas se uma cópia tivesse chegado às minhas mãos, veria, sim. Por que não? Essa polêmica vai ajudar muito na divulgação do filme", justificou Bruna. "Toda promoção para o Festival do Rio vale a pena. Estou feliz de estar aqui e lançar meu filme ("O signo da cidade") na cidade onde eu nasci", defendeu a bela atriz. O marido, Carlos Alberto Riccelli, direitor do filme roteirizado por Bruna, também não assistiu à cópia pirata. "Em São Paulo não chegou não", revelou.


Meus comentários:

Pois é, quanto à matéria assinada por Giovani Lettiere, meus parabéns, quanto a alguns comentários de alguns famosos, parabéns, quanto a outros comentários de outros famosos, bom, é, sabe como é né, quem não tem pecado que atire a primeira pedra, acho muito digno criticar quem viu o "segundo corte do filme", porém para criticar tem que ser puro, se todos são puros ponto!! (não os conheço) Maaaaaaaaaaaaas se não são puros em todos os setores, as vezes é melhor não levantar bandeiras muito moralistas (fica aí para se pensar, voltando a dizer, não conheço pessoalmente nenhum dos entrevistados!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!! Não sei, se traem amigos, esposas, maridos, namorados, namoradas, se estacionam em lugar proibido, se passam no sinal vermelho, se ajudam os pobres, se já usaram ou se usam um cigarrinhos do capeta, se recolhem o imposto de renda direitinho, não sei de nada disso... Apenas, sempre que ouço frases muito moralistas, fico com o pé atras, pois Hitler era super moralista, super certinho, porém...)

Quanto a minha posição em relação a essa questão, nunca comprei uma cópia pirata, nunca dei dinheiro ou patrocinei pirataria, pois, como vcs já sabem, prefiro mil vezes (ou mais) gastar a grana no cinema, vendo em tela grande com ótimo som e bla bla bla, assino tv a cabo (logo, sou um número que eles podem usar p/ vendas de cotas de patrocinio heheheh Também não atrapalho nessa questão) maaaaaaaaaaaaaas assim que soube que não era a versão oficial, assisti ao "Segundo Corte" sim, pois amo cinema e, é fato que esse tipo de coisa não chega, normalmente, p/o público... Se não fosse a net, ninguem teria acesso aos "Pré Air" da vida, aos primeiros, segundos cortes da vida e por aí vai... Assisti sim, não dei, nem darei, dinheiro para ninguem que não merece receber pela obra (pois não sou IDIOTA, até pq, dinheiro não nasce em árvore, e as arvores somos nozes), mas estou com a grana guardadinha para ver em tela grande, assim que estrear em sampa!!!

Volto a dizer, independetemente de ter ou não 5 minutos a mais, façam o mesmo, pois esse filme, especificamente, é p/ser visto em tela grande e ponto!!!

Um comentário:

Telas de Proteção disse...

eu iria ver sem sombra de duvida