sexta-feira, 21 de setembro de 2007

[Gossip Girl] 1x01 Piloto

Como fã de dramas teens, uma das estréias que eu mais aguardava era Gossip Girls. Baseado na série de mesmo nome escrita por Cecily von Ziegesar (e aviso logo que não li, mas não reclamo de e-books), a série estreou nesta quarta. Os primeiros minutos foram um tanto quanto acelerados, acho que ouvi umas quatro músicas antes do logo da série aparecer (abertura só no próximo episódio), mas considerando que o produtor é Josh Schwartz, o mesmo do falecido OC (que eu adorava), não é de se estranhar.

Em vez dos jovens de Orange County, agora estamos em NY, e em vez de bandas praticamente desconhecidas, o som é mais pop (pra alegria da Dani, toca Back to Black, então ela vai ter que ver nem que seja pra ouvir Amy Whinehouse). As transgressões são maiores, considerando a cena em que dois personagens fumam maconha num parque (o politicamente incorreto Chuck Bass [Ed Westwick], e Nate Archibald [Chace Crawford], o bom rapaz que deixa os outros guiarem sua vida) .

A trama começa com a chegada de Serena van der Woodsen (Blake Lively), que havia deixado a cidade um ano atrás para ir estudar num internato, e a sua volta também surpreende todos, principalmente sua BFF Blair Waldorf (Leighton Meester), que não fica muito feliz com a notícia. Enquanto a amiga estava fora, ela se tornou a garota mais popular do colégio, e tem medo de perder o namorado, Nate, que tem uma queda pela Serena. A narração em off da trama é feita por Kristen Bell (a eterna Veronica Mars, e em breve parte do elenco de Heroes), a Gossip Girl, que escreve num blog todas as fofocas do colégio, sem revelar sua verdadeira identidade.

Além do núcleo rico e glamouroso de NY, há o núcleo dos Humpfrey, com um pai, Rufus(Matthew Settle), abandonado pela esposa que cuida de seus filhos, Dan (Penn Badgley) e Jenny (Taylor Momsen). Dan gosta de Serena, e Jenny quer fazer parte do grupo popular do colégio. É impossível não comparar Dan com o Ryan de OC, até porque, Dan consegue se aproximar da garota popular como o Ryan.

O episódio desenvolve mostrando a futilidade de alguns, como a mãe de Blair, Eleanor Waldorf (Florenzia Lozano) que só se importa com a aparência da filha, chegando a ponto de dizer para a filha que "You'll never be more beautiful or thin than you are now” (você jamais será tão bonita ou magra como é agora), e que por trás do mundo de luxo, todos têm seus segredos. Serena tem um irmão, Eric van der Woodsen (Connor Paulo) que está internado e a mãe esconde de todos (aliás, a cena em que ele conhece a Jenny fez eu virar shipper do casal, hahaha). O relacionamento de Nate e Blair fica estremecido quando o rapaz revela um segredo. Os pais de Dan e Serena são velhos conhecidos (aliás, bom saber que os adultos vão ter uma trama, como em OC, e pelo que eu li, os adultos não são tão importantes nos livros). Mas o mistério principal é o que fez Serena ir embora, e o que fez ela voltar (não, eu não acho que o motivo verdadeiro seja o que foi mostrado). Todas essas perguntas deixam o telespectador curioso pra assistir o próximo episódio. Eu pelo menos estarei aqui para comentar o próximo episódio. E como diz a gossip girl...


xoxo


Marcelle

6 comentários:

Comentarista Ribas disse...

Opa opa opa!!

Voltou com força total!!

Adorei e...

Sou da geração Barrados no Baile, logo, tb sou viciado nessas séries feitas p/construir gerações...

Anônimo disse...

onde posso ver o pilot sem ser no itunes?

Comentarista Ribas disse...

Olá anonimo(a), nos perdoe mas não indicamos sites ou locais p/se baixar episódios...

Pode parecer paradoxal, pode parecer estranho, maaaaaaaaaaaaas da mesma forma que não colocamos nenhum download de legalidade discutível, aqui no blog, também evitamos indicar sites que o fazem...

Não os julgamos, não os condenamos, mas também não os indicamos...

Sem dúvida com uma rápida busca por aí, vc achará, até pq felizmente ou infelizmente, atualmente o que mais aparece é site com download direto ou torrent...

Abração e, mais uma vez, nos perdoe, mas essa é nossa política (mantida há anos)

Comentarista Fuzii disse...

Eeeeeee! Felicíssimo por ter comentários de GG aqui...
Bom, como já dito pela Marcelle é uma sequência de The O.C. pra melhor ou pra pior. Eu gostei do ritmo, não gostei de alguma inserções musicais de hip-hop farofa e achei o personagem do Chuck (outro?) um imbecil caricato...
Sério, se ele tentou estuprar duas garotas no episódio piloto, imagina nos próximos episódios.

E Deus que me perdoe, mas a Serena é horrível. Se ela não poderá ficar mais bonita que isso (segundo sua mãe) só tenho a lamentar.

Fiz um dos meus queridos prognósticos da série, analisando mais os lados culturais no meu blog, se quiserem conferir,
neste link

Comentarista Dani Mística disse...

Eu quero ver pq o Fuzii falou dessa série comigo.

Marcelle, tem Amy, uiaaa, mas ela tá pop mesmo, hein

Anita disse...

eu li o primeiro livro da serie e achei uma porcaria. Mas o seriado eu gostei. E o incrivel eh que o episodio foi igual ao livro... Acho que essa historia simplesmente funciona melhor para mim visualmente. mas nao achei os livros nada de mais, entao veremos se a serie farah juz aos livros ou se serah algo realmente bom!

:)