terça-feira, 13 de novembro de 2007

[Heroes] 2x07-08 - "Out of Time" e "Four Months Ago"

Olá pessoal. Primeiro, quero pedir desculpas por não ter saído comentário do episódio anterior, “Out of Time”. Motivos pessoais não permitiram. Mas fazendo jus ao título, colocarei algumas impressões juntamente com o comentário desta semana. Também por falta de tempo, será um comentário rápido, com tópicos ao invés do texto padrão e fotos. A bem da verdade, a série também não anda estimulante. Digamos apenas que se dependesse somente do trabalho dos roteiristas de “Heroes”, essa greve seria muito injusta. Mas vamos lá. Decepções não faltaram nesses últimos dois episódios:

O confronto Parkman X Parkman foi frustrante. Como o pai estava logo atrás de Niki/Jessica e após ser aprisionado no pesadelo, aparece dormindo no quarto onde estavam Molly e Matt, eu não entendo. O problema nem é esse: Matt desenvolveu sua habilidade do nada, conseguindo ser mais poderoso que o pai com anos de experiência. E por que diabos Molly ficou presa esse tempo todo no pesadelo dos outros?

Acho mais provável Mohinder morrer, ao invés de Mr. Bennet. Afinal, se os roteiristas gostassem dele, não criariam personagem tão estúpido. Que tal conspirar contra a Companhia via telefone em voz alta, num quarto de portas abertas? Mas contar para Bob a verdade foi tão absurdamente imbecil que... que... sem palavras.


Um desfecho para a saga de Hiro, aleluia! Precisávamos de 7 episódios para AQUILO?

A ameaça desta temporada foi finalmente revelada. Desta vez, é toda a população mundial que está em risco. Impressionante como Angela consegue sempre se safar. Ela demonstrou seu poder nesses últimos episódios? Seria ela a responsável por Peter ter se lembrado dela? Ela quem fez a esposa de Nathan aceitar a condição da família?


Achava que Maya estava sendo procurada por homicídio. Não por extermínio.

Elle voltou! Uma graça de sociopata, mas um tanto infantil.

Nathan nunca se perguntou quem foi que o levou ao hospital? Porque a resposta parece óbvia. Como diabos Bob e Elle sabiam que Peter estava exatamente naquele hospital? Se era para Nova York explodir, não era pra eles estarem longe?

Acho que o cara que matou D.L. foi mais rápido no soco que ele tentou dar, do que no tiro que conseguiu acertar. Uma morte cretina e sem sentido. Ou D.L. não morreu?

Em “Out of Time”, ficou uma dúvida que para mim não havia explicação: parecia ser Jessica a parceira de Mohinder. No entanto, o episódio deixou claro que seria Niki. Como ela teria usado seus poderes, sem se transformar em Jessica? E se eram as duas em momentos diferentes, como foram convencidas a trabalhar em conjunto ou aceitar trabalhar para Bob? Em “Four Months Ago” dão uma possível resposta: Niki desenvolveu uma terceira personalidade. Pra mim, continua sem sentido.

Um grande problema desta temporada é não estabelecer um vilão e tornar as coisas muito confusas: Linderman, Adam, Nakamura, Angela, Bob. Quem trabalha para quem? Bob está mentindo? Adam está mentindo? Ambos estão mentindo? Só uma coisa é certa: o Haitiano parece trabalhar pra todo mundo.

Se Adam for o vilão que Bob diz ser, por favor não justifiquem isso com uma dor de corno de 4 séculos atrás. Acho que 400 anos deixa uma pessoa mais do que madura para superar um grande amor que durou 15 dias.

Então Adam faz Nathan se curar sem nem mesmo dar tempo de seu sangue chegar nas veias do rapaz? Ok, essa eu deixo passar. Mas regeneração de memórias?!?!


Que bagunça. Espero que essa greve dos roteiristas faça bem a série. Como sou uma pessoa otimista, toda essa terrível preparação ainda pode resultar em um desfecho interessante do volume 2. A esperança é que com as tramas se cruzando, as coisas melhorem. Ou não. Nota 6,0 para ambos os episódios.

No próximo episódio: Mohinder tenta levar Claire à Companhia e os quadros de Isaac podem se tornar realidade.





Hélio.

4 comentários:

Daniel Vaz disse...

Eu tinha achado o episódio perfeito até ler o seu comentário, Hélio. :) Não acho mais perfeito, mas também ainda não desgosto dele.

Estou muito confiante com os próximos e muito empolgado para ver Peter e Adam juntos.

Tati disse...

Por favor gente. Opiniões são só opiniões. Não é porque "a" 'não gostou tanto' que "b", "c", ... "z" vão deixar de gostar do episódio. Plz.

Acho que finalmete Heroes teve o season premiere. Não só por "Four Months Ago" ter retomado a história de onde o finale deixou, mas principalmente porque a série está voltando a seguir "a receita" que levou ao sucesso da 1a temporada.

"A super-força é o poder da Niki. Ela descobriu através de Jéssica, mas a habilidade é da Niki." Palavras de Tim Kring ao responder perguntas dos fãs no blog TvGuide Asks. Que está traduzindo no fórum www.heroesBrasil.net

dédalo disse...

...não sei se foste tu ou outro comentárista que falou da presença seguida de uma "barata" em cenas passadas e futuras, tanto ela (periplaneta americana - eterna sobrevivente)quanto a "salvar o mundo" de um vírus podem ser vistos em: Os 12 Macacos, magnífico filme de Terry Gilliam - 1995.

Cler Oliveira disse...

Finalmente, fiz uma maratona e consegui alcançar a série... quer dizer, falta ainda do 2x09, mas isso resolvo hoje no máximo amanhã.

Mas acho que foi essa Maratona que me fez achar que a segunda temporada está incomparavelmentente melhor que a primeira. Acho que esse jogo de conexões e perguntas sem respostas (aparente) é uma tentativa de criar um mistério e fazer com que elaboremos teorias. Acho que nem tudo é falha de roteiro...

Por exemplo:
O confronto Parkman X Parkman:
Eu acho que ele desenvolveu o poder dele rápido por uma quesão emocional. Era muita coisa em jogo: Molly, Mohinder... eu,você, o mundo, enfim. Foi no susto mesmo.

Concordo que o poder de Angela está misterioso demais... muito arrastado..capoco a veia morre e a gente não sabe o que ela podeia fazer.

Acho tambem que Niki e Jessica tem o desejo de voltar o quanto antes pro Eu, a Patroa e as crianças. Por isso, se for pelo Micah, elas entram em acordo...

Mas a série, em si, tá legal. Tiando o Mohinder, os latinos, a irlandesa e a propria cheederleader que faz cara de Madalena arrependida o tempo todo.. tá tranquilo e o fato de eu não entender porque os Parkmans e o namoradinho da Claire sao os únicos com poderes repetidos...seria o garotao filho do Nathan também? Ele tá mais pra filho do Clark do Smallville.

Acho que tem gente demais nessa festa.... Abraçao Hélio. Sou tua fã!