quarta-feira, 7 de novembro de 2007

[HEROES] Tim Kring pede desculpas aos fãs

Na segunda-feira em que os roteiristas anunciaram a greve, Tim Kring fez um anúncio em frente ao estúdio onde Heroes é gravado. "Sim, estou fazendo isso com minha série. É completamente surreal."

Kring não estava chamando para falar sobre detalhes da greve, mas sobre o porquê de Heroes ter sofrido uma queda de audiência de 15% em relação ao mesmo período do ano passado. As boas notícias? Uma grande mudança está por vir. Depois de semanas de narrativas lentas, o episódio do último dia 5 trouxe de volta a energia da primeira temporada. Os cliff-hangers estão de volta, a narrativa voltou a ter um propósito definido, Peter e HRG voltam ao centro da história. Mais que isso, Kring está consciente que Heroes precisa mudar.

Estes são os pontos comentados por Tim Kring:

O ritmo está muito lento. "Assumimos que os telespectadores queriam que fosse construída uma história em torno dos personagens descobrindo seus poderes. Eles querem adrenalina. Cometemos um erro."

O desafio de salvar o mundo deveria ter sido revelado antes. A premonição de um desastre nuclear criou um contexto unificador para os storylines da primeira temporada. Kring percebe agora que o Volume 2 (os onze primeiros episódos desta temporada) teriam se desenvolvido melhor se o desastre com o vírus tivesse sido mostrado antes, ao invés de apenas no episódio 7. "Demoramos muito tempo para criar o 'grande pano de fundo' da história", afirmou Kring.

Os novatos não se apresentaram de forma correta. Monica (Dana Davis), Maya (Dania Ramirez), and Alejandro (Shalim Ortiz) "não deveriam ter sido introduzidos em storylines separados, isso fez parecer que não tinha nada a ver com a história. A forma como apresentamos Elle (Kristen Bell), por meio do storyline de Peter, é uma forma mais lógica de trazer novos personagens à serie.

Hiro ficou tempo demais no Japão. A aventura de Hiro no Japão do século 17, mencionando o samurai Takezo Kensei (David Anders), finalmente chegou ao fim no episódio 7. Mas "deveria ter durado apenas três episódios, não demos aos telespectadores história suficiente para justificar todo esse tempo", de acordo com Kring.

Amor adolescente não é interessante. Kring se arrepende dos romances Claire/West e Hiro/Yaeko. "Já vi romances mais convincentes na tv. Vendo os resultados, acho que romances não se encaixam tão facilmente aqui."

O episódio de 3 de dezembro foi filmado novamente para que possa servir como season finale, tanto devido à greve quanto para mudar o rumo dos acontecimentos em Heroes quando o Volume 3 começar a ser produzido. Nesse ponto, Kring deixa claro que "ouvimos as reclamações e estamos fazendo algo a respeito".

Fonte: HeroesBrasil.net


Tatiane
tatiane@comentariosemserie.com

4 comentários:

Alexsandro Vasconcelos disse...

Concordo com todos os pontos. Esses foram os erros que estão fazendo a segunda temporada ser tão decepcionante.

Abraço.

Comentarista Fuzii disse...

Traduzindo: nem ele aguentava assistir a esse sofrimento.

Anônimo disse...

Heroes não tem mais conserto...

Anônimo disse...

Desculpem discordar, mas eu estou a amaaaaar esta segunda temporada, muito sinceramente, agarrou-me muito mais do que os primeiros epis