domingo, 18 de outubro de 2009

[Criminal Minds) 5x04 "Hopeless"

(Celia Kfouri)

Queria me desculpar pela demora para publicar os comentários (se é que alguém se importa), mas ando tentando fazer mais coisas do que realmente dou conta, aí acaba dando nisso.

Não que o episódio da semana mereça tanta atenção assim. Novamente, foi mais um. Fomos apresentados a um grupo de unsubs que praticam atos extremos de violência, por motivo algum. Apenas pela violência em si, e pelo prazer de revivê-la ao assistirem aos videos que faziam. Isso: um sempre filmava as barbaridades que cometiam para que pudessem continuar a se divertir ao reverem inúmeras vezes, às gargalhadas, e cheios de cerveja.


Unsubs se preparando para entrarem em ação.

(Talvez seja 'blasfêmia' fazer essas menções, mas algo que buscou inspiração em 'Laranja Mecânica', 'Violência Gratuita', etc. )

Esses atos de violência evoluíram em escalada, começaram com vandalismo até chegarem a homicídios múltiplos, e foi exatamente um 'degrau' faltando nessa escalada que Morgan percebeu que ajudou a identificar os unsubs (que obviamente se encaixavam precisamente no perfil traçado). Eles teriam que ter praticado algum homicídio antes de praticarem quatro ao mesmo tempo, e com tamanho controle. Realmente, faz todo sentido, e foi muito bem percebido por Morgan, mas o resto todo que ele 'percebeu' foi quase como coisa de visionário. Exagerado. Principalmente por ser ele o único a perceber tudo. Como assim, ninguém mais pensaria em nenhum desses detalhes todos? Reid, Hotch, Rossi, Prentiss não teriam ajudado em nada? Garcia tem outro papel, tudo bem, e JJ nem menciono. Afinal, o que ela fez nesse episódio??

De resto, dois detalhes a serem mencionados.

- Garcia precisa aprender a disfarçar os ciúmes. Sim, eram ciúmes (cadê Kevin, BTW??) e qualquer boa intenção que ela pudesse ter (de realmente proteger Morgan e a equipe de alguma precipitação da parte dele) perde legitimidade e fica parecendo apenas despeito, invejinha mesmo. Afinal, ele nao comprometeu nada nem ninguém em momento algum. E, mais importante, esse final de episódio deu a deixa de que ainda veremos Tamara Barnes.

Morgan e Tamara, e Garcia só de olho.

- Gostei muito do realismo e da frieza da atitude de Hotch, ao simplesmente sair de cena, juntamente com sua equipe, e deixar que a polícia matasse os unsubs. Nao que eu ache certo ou eraado, apenas sei que é assim que as coisas acontecessem, e seria ridículo que alguém (leia-se Morgan//Rambo) tentasse evitar.

Missão encerrada.

Mas vamos ao 5x05, que trará um unsub que engravida suas vítimas e as mata após terem dado à luz. (Aff!)

Fotos: reprodução.




Celia Kfouri.
www.twitter.com/celiakfouri

5 comentários:

Lee disse...

Interessante a comparação sobre gratuidade de violência, com o filme Laranja mecânica.Na hora não percebi o detalhe, mas agora vento essa foto que vc colocou aqui; a Garcia de olho nos dois(pombihos?), é até meio engaçado.
Quanto as pessoas se importarem com os seus comentários, acho que muita gente(principalmente aquelas que lêem as suas críticas e não deixam comentários) se importam.
E vi por aqui, que uma "colega" sua está escrevendo muito bem sobre a série do Dexter.Eu preferiria que fosse você escrevendo sobre a série, mas ela também é perceptiva e escreve muito bem.
Até o próximo epi.

Celia Kfouri disse...

Obrigada mais uma vez, Lee!

Quanto a Dani, que comenta Dexter, ela escreve muito bem mesmo. Comente com ela também.

Dexter é uma 'falha no meu currículo'. mas definitivamente não tenho tempo para assistir a tudo que gostaria.Quem sabe uma mega maratona intensiva de Dexter nas férias? Seria uma boa idéia.

E até o 5x05!

danielle m (danna) disse...

Eu vi a Lee por lá (Em Dexter). Muito obrigada, saiba que cada elogio (ou mesmo bronca e crítica) todos nós por aqui ficamos felizes. Esse sentimento de equipe é forte!

Fico feliz tb em ver como os comentários de quem nos lê são exigentes e criteriosos. Dá gosto de escrever. Peço desculpas pela demora, tanta correria...

Mais uma vez, obrigada!

Grissom's Girl disse...

Celia, estou rolando de rir com sua curiosidade em saber o próximo passo de Foyet! Tem sido a minha motivação em ler suas coments. Mas, voltando ao caso, achei a história tosca, lembrei de Laranja Mecânica também e também fiquei de cara com a Garcia. Ela não consegue nem se controlar mais!
E com certeza veremos Tamara mais pra frente...
Mas o que eu mais gostei foi mesmo o fim. A conversa de Rossi e Hotch. Eu ando meio apaixonada pelo Hotch e acho que essa conversa vai servir pelo menos pra ele pensar à noite. Acho que esse caso do Foyet vai acabar rápido, ele vai tentar viver com a Haley de novo, vai ver que não dá certo (pq ela não entende o trabalho dele) e o resto... Não sei se ele se arrisca com a Prentiss, embora a UST seja indiscutível, um relacionamento entre eles seria um "trainwreck".
Acho que vou continuar curtindo minha angst...

Celia Kfouri disse...

Grissom's Girl,

Eu quero saber do Foyet!!!! :))

Veremos mais Tamara, muito provavelmente, se bem que a garçonete do Reid nunca mais apareceu...

Pois é, torcer para Hotch e Prentis juntos significa torcer para que, no mínimo, um deles tenha que se afastar da equipe, e não entendo como um fã pode querer isso.

E se Hotch e Haley tentarem novamente e nao se entenderem, fine! Só nao entendo como o casamento pode acabar assim, sem que ninguém tenha tentado para, conversar, resolver. Isso é o que me incomoda.